F1: Alfa Romeo pode anunciar Raikkonen e Mick Schumacher como dupla de 2021 na sexta, diz imprensa espanhola

Segundo informações, o anúncio deve ser feito antes do primeiro treino livre para o GP de Eifel, quando Mick fará sua estreia pela equipe

F1: Alfa Romeo pode anunciar Raikkonen e Mick Schumacher como dupla de 2021 na sexta, diz imprensa espanhola

No mercado atual de pilotos da Fórmula 1, a Alfa Romeo tem sido uma peça importante para a formação do grid de 2021. Com a dupla indefinida, vários nomes buscavam um dos lugares na equipe, entre pilotos veteranos e novatos. Mas, segundo a imprensa espanhola, essa dúvida pode estar próxima do fim.

De acordo com o portal Sport, a Alfa deve anunciar já nesta sexta, antes do primeiro treino livre para o GP de Eifel, que sua dupla para 2021 será composta por Kimi Raikkonen e Mick Schumacher.

Leia também:

Caso seja confirmado, Kimi Raikkonen iria para sua 19ª temporada na F1, podendo aumentar ainda mais seu recorde de piloto com mais largadas na história da categoria. O finlandês está com a Alfa desde a temporada de 2019, quando fez uma troca de lugar com Charles Leclerc, que ocupou sua vaga na Ferrari.

No primeiro ano com a equipe, Raikkonen teve boas performances, pontuando constantemente, com destaque para o quarto lugar no GP do Brasil. Porém, a situação de 2020 tem sido mais complicada devido aos problemas que a Alfa enfrenta com o motor da Ferrari, pontuando apenas no GP da Toscana, quando terminou em nono.

Haviam dúvidas se Raikkonen gostaria de ficar devido à forma da Alfa em 2020, mas o piloto vinha repetindo que não havia tomado uma decisão sobre o futuro. Por isso, nomes como Sergio Pérez e Nico Hulkenberg começavam a circular.

Já Mick estaria garantindo sua promoção à principal categoria do automobilismo mundial, onde seu pai se consagrou como um dos maiores de todos os tempos, com sete títulos mundiais e 91 vitórias. O alemão, de 21 anos, corre atualmente na Fórmula 2, onde lidera o campeonato a dois finais de semana do fim da temporada.

Correndo pela equipe Prema, Mick já acumula duas vitórias e outros oito pódios na temporada de 2020, tendo 191 pontos contra 169 de Callum Ilott e 147 de Yuku Tsunoda com 80 ainda em jogo.

A ascensão de Mick à F1 em 2021 já era vista como muito provável e, neste final de semana, ele fará sua estreia na categoria andando com a própria Alfa Romeo no primeiro treino livre para o GP de Eifel, na sexta.

Além do filho do heptacampeão, outros dois nomes da Academia da Ferrari que disputam a F2 buscam uma vaga na F1 em 2021: o britânico Callum Ilott, atual vice-líder e o russo Robert Shwartzman, campeão de 2019 da F3.

Alfa Romeo C39 (Temporada 2020)
Alfa Romeo Racing-Ferrari C39
Motor: Ferrari
Combustível: Shell
Pneus: Pirelli

Pilotos:

7 - Kimi Raikkonen

99 - Antonio Giovinazzi

Os detalhes da carta de Chase Carey sobre GP do Brasil e o que falta para o Rio ser confirmado na F1

PODCAST – A Fórmula 1 perde força com a saída da Honda?

 

compartilhar
comentários
Vitórias, poles, corridas: confira quais recordes da Fórmula 1 ainda pertencem à Ferrari

Artigo anterior

Vitórias, poles, corridas: confira quais recordes da Fórmula 1 ainda pertencem à Ferrari

Próximo artigo

Vettel: "Ainda amo a F1, mas é diferente do que era há 14 anos"

Vettel: "Ainda amo a F1, mas é diferente do que era há 14 anos"
Carregar comentários