F1: Alonso admite decepção com abandono e reitera que Alpine tem mais desempenho a mostrar

Espanhol teve problemas com seu motor no GP da Arábia Saudita e acredita que equipe tem condições de brigar por terceiro posto do mundial de construtores

F1: Alonso admite decepção com abandono e reitera que Alpine tem mais desempenho a mostrar
Carregar reprodutor de áudio

Fernando Alonso acredita que o ritmo da Alpine é melhor do que o que os resultados da Fórmula 1 2022 indicam até agora. No primeiro evento da temporada no Bahrein, o espanhol terminou em nono, dois lugares atrás do companheiro de equipe, Esteban Ocon, depois de uma corrida abaixo do ideal que foi comprometida por problemas de motor e sua estratégia de pneus.

Já no fim de semana passado, na Arábia Saudita, os dois pilotos lutaram pelo sexto lugar nos estágios iniciais e, enquanto o francês acabou terminando à frente de Lando Norris, da McLaren, o bicampeão abandonou com um problema de direção ainda não identificado.

Leia também:

Em contraste com o Bahrein, a Alpine ultrapassou a Alfa Romeo e a Haas em Jeddah, e Ocon não ficou muito atrás da Mercedes de George Russell na bandeirada, tendo batido o inglês na classificação.

"Acho que tive duas grandes corridas", disse Alonso, quando questionado pelo Motorsport.com sobre o final frustrante de sua impressionante exibição em Jeddah. "Uma no Bahrein, mas infelizmente com a estratégia errada, talvez com o pneu de largada, começando com um gasto e comprometendo toda a minha corrida. O motor também que não era bom lá."

"Aqui [Jeddah], acho que fui muito rápido na qualificação, mas muito azarado, porque algumas outras pessoas não tinham pneus novos no Q3, e o conjunto de novos foi o mais rápido, infelizmente."

"Então, tivemos que ultrapassar [alguns] carros e voltar à nossa posição natural do fim de semana, que creio que fosse P5 ou P6. No entanto, abandonamos. É decepcionante ter apenas dois pontos depois de dois ótimos finais de semana."

Fernando Alonso, Alpine A522, Esteban Ocon, Alpine A522

Fernando Alonso, Alpine A522, Esteban Ocon, Alpine A522

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

Alonso espera que em corridas futuras a Alpine se beneficie de problemas com os outros carros, e não o contrário.

"O ritmo parece um pouco melhor do que os resultados dizem", comentou. "Demos alguns pontos para as pessoas atrás de nós. É um longo caminho, a sorte vai mudar e esperamos receber alguns desses 'presentes' no futuro."

"Estou feliz com o desempenho, mas como eu disse, perdemos pontos. Acho que poderia ser P6 ou P7 no campeonato para ser honesto, e não estou nessa posição, e não é porque não merecemos, é só porque não maximizamos."

Questionado se estava feliz por estar batalhando por P6 ou P7, ele acrescentou: "Bem, briguei pelo título em 2012 com o terceiro carro mais rápido. Então, estou acostumado com isso".

Alonso admitiu que ainda é muito cedo para dizer se a Alpine pode ter o terceiro carro mais rápido em 2022.

"Não sei", reiterou o espanhol. "A Alfa Romeo parece um pouco mais rápida em alguns lugares, a Haas foi muito rápida no Bahrein. E Russell estava bem hoje, mas não excepcional. Então estamos lá, e cabe a nós fazer algum progresso."

"Talvez não sejamos os terceiros mais rápidos, mas parece que podemos ser consistentes, e em Jeddah, sem o abandono, poderíamos ter sido sexto e o sétimo. Isso nos colocaria em um bom nível de pontos e, como eu disse, ainda há um longo caminho a percorrer, mas me senti rápido na pista."

Fernando Alonso, Alpine F1 Team, Esteban Ocon, Alpine F1 Team

Fernando Alonso, Alpine F1 Team, Esteban Ocon, Alpine F1 Team

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

Apesar de ter concluído o GP do Bahrein, os problemas de Alonso o levaram a instalar um novo V6, turbo, MGU-H, MGU-K e escapamento em Jeddah.

Seu abandono no domingo é mais motivo de preocupação, mas ele está satisfeito com o desempenho geral da unidade de potência Renault de 2022.

"Sim, acho que estamos no páreo agora com os outros. Podíamos lutar nas retas na Arábia e no Bahrein", comentou. "Agora, infelizmente, precisamos continuar investigando o que aconteceu com o motor e ter certeza de que podemos ter o suficiente para a temporada."

F1 2022: CRISE NA MERCEDES? Hamilton e Russell ficam ESPANTADOS com FIASCO na Arábia Saudita; veja

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #170 – Leclerc x Verstappen tem potencial para ser novo Verstappen x Hamilton?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Bottas admite que forma da Alfa Romeo era a mais otimista para 2022 e crê em brigas constantes por top 10
Artigo anterior

F1: Bottas admite que forma da Alfa Romeo era a mais otimista para 2022 e crê em brigas constantes por top 10

Próximo artigo

F1 - VÍDEO: Ex-chefe de equipe questiona permanência de Vettel na Aston Martin em meio à má fase do time de Lawrence Stroll

F1 - VÍDEO: Ex-chefe de equipe questiona permanência de Vettel na Aston Martin em meio à má fase do time de Lawrence Stroll