F1: Bottas admite que forma da Alfa Romeo era a mais otimista para 2022 e crê em brigas constantes por top 10

Finlandês não imaginava desempenho melhor que o atual por informações da pré-temporada e acredita que time pode continuar à frente

F1: Bottas admite que forma da Alfa Romeo era a mais otimista para 2022 e crê em brigas constantes por top 10
Carregar reprodutor de áudio

Valtteri Bottas admitiu que a boa forma da Alfa Romeo na Fórmula 1 em 2022 representa "o melhor" cenário (e o mais otimista) possível em termos do que ele esperava para a temporada. Depois de perder a vaga na Mercedes para George Russell, o finlandês optou por assinar com a equipe suíça - em uma decisão onde a Williams também aparecia como escolha - para este ano.

No Bahrein, ele se classificou e terminou em sexto, e na Arábia Saudita, no último fim de semana, se classificou em oitavo e esteve à frente do eventual sexto colocado, Esteban Ocon, quando teve que abandonar com um problema de temperatura do motor.

Leia também:

Na primeira corrida, o finlandês largou ao lado do ex-companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton, enquanto na segunda se classificou oito lugares à frente do heptacampeão e apenas 0s079 atrás de George Russell, também da equipe alemã.

"Acho que esse foi o melhor cenário para nossa temporada que eu poderia imaginar com as informações que tive", disse Bottas quando questionado pelo Motorsport.com se a forma da Alfa Romeo superou as expectativas. "Estou definitivamente muito feliz com a decisão que tomei e gostando no geral."

"Se pudermos seguir melhorando o carro, não há dúvida de que continuaremos lutando sempre pelo Q3 e pelos dez primeiros lugares. É bom ver isso."

Bottas complementou ainda que a Alfa pode tentar enfrentar a Mercedes e liderar o pelotão que persegue Red Bull e Ferrari na disputa pela terceira melhor equipe do grid.

"Acho que essa precisa ser a meta agora", disse ele. "Parece que estamos mais ou menos no mesmo lugar que no Bahrein, embora eu achasse que isso poderia ser mais difícil."

"Acredito que tentar ser o melhor do resto é uma boa motivação. Espero que eventualmente possamos lutar pela quinta posição nas corridas. Seria um grande passo para nós."

Valtteri Bottas, Alfa Romeo C42

Valtteri Bottas, Alfa Romeo C42

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

Em Jeddah, Bottas foi chamado aos boxes quando a temperatura de seu motor Ferrari começou a subir. Quando não houve melhora depois que os mecânicos limparam os dutos do radiador, ele foi instruído a voltar e abandonar.

"A temperatura começou a subir, primeiro só um pouco, mas depois rapidamente, e nada conseguia fazer parar", explicou o piloto. "Foi possivelmente um vazamento ou algo do tipo. No final, tivemos que parar o carro para não destruir a unidade de potência."

"Acho que tivemos uma boa corrida até então. Eu estava disputando com Fernando [Alonso], que também se retirou no final. Então, creio que estava lutando pelo sexto lugar. O carro parecia bom e o ritmo era bom. Tivemos um pouco de vantagem para a Alpine. Então, nada mal."

O chefe da Alfa Romeo, Frédéric Vasseur, admitiu que foi frustrante que um fim de semana forte para Bottas tenha terminado em abandono.

"Tivemos um problema com a temperatura do carro, de uma volta para a outra", disse o francês ao Motorsport.com. "Pedimos a ele para parar em um estágio. Assim, trocamos os pneus e limpamos os dutos de ar, mas depois de uma volta aconteceu de novo, então desligamos o carro para evitar danos."

"Ainda estamos investigando o que aconteceu. É uma pena, porque o ritmo estava lá, ele se saiu bem, foi prudente, não arriscou e estava bem confortável."

Apesar da decepção, Vasseur observou que 2022 é "outra realidade" em relação à temporada passada, quando a Alfa ficou nas últimas posições do grid.

"Ficamos a menos de um décimo do P5 na qualificação. É bem encorajador para a equipe, porque depois do Bahrein, em uma pista diferente, mostramos temos desempenho e que podemos estar na briga em todas as pistas. Isso é bom, mas foi uma pena não marcar grandes pontos nessa situação."

"Com certeza ficamos um pouco desapontados por termos saído zerados, mas por outro lado, há um ano, não estávamos em lugar nenhum e caindo no Q1, mas agora é outra realidade."

F1 2022: CRISE NA MERCEDES? Hamilton e Russell ficam ESPANTADOS com FIASCO na Arábia Saudita; veja

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #170 – Leclerc x Verstappen tem potencial para ser novo Verstappen x Hamilton?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Alfa Romeo 'cobrará' consistência à F1 após punição a Zhou na Arábia Saudita
Artigo anterior

Alfa Romeo 'cobrará' consistência à F1 após punição a Zhou na Arábia Saudita

Próximo artigo

F1: Alonso admite decepção com abandono e reitera que Alpine tem mais desempenho a mostrar

F1: Alonso admite decepção com abandono e reitera que Alpine tem mais desempenho a mostrar