F1: Alpine permitirá batalhas entre Alonso e Ocon, desde que não prejudiquem equipe

Segundo chefe da escuderia francesa, pilotos não devem perder tempo para adversários que venham atrás caso lutem na pista

F1: Alpine permitirá batalhas entre Alonso e Ocon, desde que não prejudiquem equipe
Carregar reprodutor de áudio

O chefe da Alpine na Fórmula 1, Otmar Szafnauer, permitirá que Fernando Alonso e Esteban Ocon batalhem entre si, desde que não percam tempo em pista fazendo isso. A dupla já 'trocou' posições várias vezes durante uma disputa tensa nos estágios iniciais do GP da Arábia Saudita.

Szafnauer, que a certa altura foi 'flagrado' pela transmissão com a cabeça entre as mãos no pit wall, admitiu que sua principal preocupação era que os carros estivessem perdendo terreno para os que vinham atrás.

Leia também:

Valtteri Bottas e Kevin Magnussen foram capazes de se juntar à batalha e, à medida que o primeiro se aproximava, Ocon foi instruído a "manter a posição" em um esforço para permitir que as duas Alpines ficassem longe da Alfa Romeo do finlandês. No entanto, isso não adiantou e Bottas passou à frente.

Apesar disso, Esteban recuperou a posição quando Valtteri teve que parar com um problema de temperatura do motor. Ele terminou em sexto lugar, defendendo o posto contra Lando Norris na última volta, enquanto Alonso abandonou com uma perda de direção.

"É uma pista de alta velocidade, com paredes próximas", disse Szafnauer sobre a batalha interna. "Mas veja, eles fizeram exatamente o que falamos antes da corrida. E foi bom para todos. Acontece que se o Fernando não tivesse parado, teríamos ficado em sexto e sétimo."

"Nós demos aos fãs um pouco de show. E acho que é disso que se trata. Você tem que deixá-los correr."

Fernando Alonso, Alpine A522, battles with Esteban Ocon, Alpine A522

Fernando Alonso, Alpine A522, battles with Esteban Ocon, Alpine A522

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

"Foi limpo, é o que os fãs querem ver. Dissemos a eles no início que permitiríamos que eles competissem. A única razão pela qual fiz isso [levar as mãos à cabeça] foi porque estávamos perdendo um pouco mais tempo do que eu esperava."

"[A disputa] também ocorreu um pouco pelos aspectos da pista [de Jeddah], e porque os carros podem seguir uns aos outros mais facilmente agora, que é o objetivo dos novos regulamentos."

"Se você pode seguir com mais facilidade, pode começar a ultrapassar um ao outro, uma volta após a outra. Temos que ver como será em Melbourne e depois ajustar."

Szafnauer confirmou que a equipe agora terá que levar em consideração qualquer possível perda de tempo para os que estão atrás ao permitir que seus pilotos lutem.

"A única coisa que temos a fazer agora é avaliar o que o DRS faz com esses carros, porque você pode acompanhar muito mais de perto", disse ele.

Sobre a forma como Bottas entrou na luta, ele acrescentou: "É exatamente isso que temos que olhar".

"Por que dizemos a eles para não começarem a ultrapassar um ao outro? Pois isso custa tempo. Então essa é exatamente a troca que deve ser considerada."

Szafnauer conviveu com várias colisões controversas com companheiros de equipe na Force India e na Racing Point, e admitiu que pode haver outras situações em que os pilotos são solicitados a manter a posição para maximizar os pontos da equipe.

"Em todo o meu tempo na F1, quando eu estava em condições de dizer aos pilotos o que fazer, se no final da corrida faltavam 10 voltas ou 15 voltas para o final, não havia por que trocar posições, já que não daria para pegar o cara à frente. E se ninguém atrás pode alcançar os dois, é manter a posição."

"Isso é muito difícil de fazer no início da corrida, porque você não pode prever o que vai acontecer, mas no final, trata-se de maximizar os pontos do time. E se isso significa manter as posições, é o que faremos."

Questionado se a filosofia de deixá-los correr mudará se os pilotos baterem, ele disse: "Felizmente, [ainda] é uma coisa hipotética. Quero dizer, muito pode acontecer no futuro e não posso prever. Se eu pudesse, estaria em Vegas agora."

VETTEL FORA da F1? Ex-chefe de equipe DETONA Aston e Lawrence Stroll: PÕE LANCE NO CENTRO DO NEGÓCIO

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #170 – Leclerc x Verstappen tem potencial para ser novo Verstappen x Hamilton?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Audi e Porsche devem confirmar entrada na F1 na próxima semana, diz agência britânica
Artigo anterior

Audi e Porsche devem confirmar entrada na F1 na próxima semana, diz agência britânica

Próximo artigo

Marko manda 'indireta' à Mercedes ao compará-la com Ferrari: "São respeitosos e têm espírito esportivo, como nós"

Marko manda 'indireta' à Mercedes ao compará-la com Ferrari: "São respeitosos e têm espírito esportivo, como nós"