F1: Brown 'entrega' que contratação de Piastri partiu do chefe de equipe da McLaren

De acordo com CEO do time de Woking, Andreas Seidl foi quem 'achou' australiano e fez contatos com seu agente Mark Webber

Oscar Piastri

Oscar Piastri será o substituto de Daniel Ricciardo na McLaren para a temporada 2023 da Fórmula 1, correndo ao lado de Lando Norris. O novato australiano esteve no centro de uma briga contratual entre Alpine a equipe de Woking - que acabou se dando melhor.

Em entrevista ao RacingNews365, o CEO do time, Zak Brown revelou que a iniciativa de ir atrás de Piastri partiu do chefe da equipe, Andreas Seidl. 

Leia também:

"Foi Andreas quem o recrutou [Piastri] e teve esse relacionamento com Mark Webber [agente de Piastri]. Obviamente, eu o vi correr e conheço seu passado, mas crédito a Andreas por encontrá-lo. Seu currículo fala por si e foi Andreas que apresentou a recomendação, que eu apoiei totalmente."

Mesmo sendo taxado como um futuro campeão, Piastri encontrará na McLaren um ambiente 'sem pressão' de acordo com Brown - o que pode não ser o mesmo comportamento por parte dos fãs, principalmente dos que torcem por Ricciardo, que irão ficar no pé do jovem para que ele entregue resultados que justifique a troca entre compatriotas.

 

"Ele será como qualquer outro, um novato que tem um grau de ferrugem por não correr, mas ele é um grande talento, então só precisamos dar tempo a ele. O que precisamos fazer é não colocar muita pressão sobre ele ou entrar em comparações. Só precisamos deixa-lo se estabelecer e apoiá-lo."

Piastri foi o nome mais citado durante as férias de verão da Fórmula 1. Fernando Alonso anunciou sua saída da Alpine e, naturalmente, todos entenderam que o, então, reserva da equipe de Enstone seria o substituto natural do espanhol - inclusive o time que chegou a anunciá-lo nas redes sociais. Contudo, pouco depois, o australiano veio a público e desmentiu o que foi dito pela Alpine e assim, a notícia de que a McLaren teria assinado com ele se tornou de conhecimento geral.

 

A briga foi parar na Junta de Reconhecimento de Contratos que deu parecer favorável ao time de Brown que anunciou a chegada do jovem à equipe no início de setembro.

Os riscos que a Red Bull corre em função da quebra do teto de gastos

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura durante nossos programas. Não perca!

Podcast: feitos da RBR podem ser 'manchados' por violação do teto de gastos?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Arábia Saudita deixa claro que 'adoraria' realizar mais que uma corrida por ano
Próximo artigo F1: Amigos na infância, Ocon vê chegada de Gasly na Alpine como "história incrível"

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil