F1: Com futuro incerto, Mazepin diz que foco neste momento é no que pode fazer

Com indefinição sobre patrocinador da Haas, piloto depende de manutenção de acordo

F1: Com futuro incerto, Mazepin diz que foco neste momento é no que pode fazer
Carregar reprodutor de áudio

Com o início dos ataques russos à Ucrânia nesta quinta-feira (24), uma série de consequências econômicas começam a recair aos negócios e, como consequência, também nos esportes e a Fórmula 1.

A Haas, que conta com o patrocínio da Uralkali, foi à pista nesta sexta-feira (25) em Barcelona sem a marca de fertilizantes estampada em seu carro. O futuro do acordo está em risco, como o próprio chefe da equipe, Gunther Steiner relatou: "Temos que lidar com as questões legais na próxima semana, o que não posso falar.”

O editor recomenda:

Mais tarde, Nikita Mazepin, que também tem futuro incerto na equipe e, por consequência, na categoria, utilizou as redes sociais para comentar a situação.

“Aos meus fãs e seguidores. Este é um momento difícil e não tenho controle sobre muito do que está sendo dito e feito. Estou escolhendo focar no que eu posso controlar, trabalhando duro e fazendo o meu melhor para a Haas. Meus mais profundos agradecimentos por sua compreensão e apoio.”

 

Steiner disse que o futuro de Mazepin não necessariamente caberia à equipe. "Não tenho influência sobre os governos, e também precisamos ver como a situação na Ucrânia se desenvolve", disse ele.

F1 2022: GUERRA na Ucrânia TRAZ CONSEQUÊNCIAS no paddock; SAIBA como foi o dia em BARCELONA

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #163 - Rico Penteado destrincha carros de 2022 da F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

compartilhar
comentários
Mariana Becker revela que estará ausente dos primeiros GPs da F1 2022 na Band
Artigo anterior

Mariana Becker revela que estará ausente dos primeiros GPs da F1 2022 na Band

Próximo artigo

F1 relata lucro de R$ 470 milhões em 2021 e receita volta ao 'normal'

F1 relata lucro de R$ 470 milhões em 2021 e receita volta ao 'normal'