Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
25 dias
06 mai
Próximo evento em
67 dias
20 mai
Próximo evento em
81 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
95 dias
10 jun
Próximo evento em
102 dias
24 jun
Próximo evento em
116 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
123 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
137 dias
29 jul
Próximo evento em
151 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
179 dias
02 set
Próximo evento em
186 dias
09 set
Próximo evento em
193 dias
23 set
Próximo evento em
207 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
214 dias
07 out
Próximo evento em
221 dias
21 out
Próximo evento em
235 dias
28 out
Próximo evento em
242 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
278 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
287 dias

F1: Com pole em Mugello, Hamilton bate 'recorde' de Schumi só no período Mercedes; entenda

O primeiro lugar na classificação em Mugello foi a 69ª pole do piloto pela equipe alemã; Schumacher tem 68 no total de sua carreira

compartilhar
comentários
F1: Com pole em Mugello, Hamilton bate 'recorde' de Schumi só no período Mercedes; entenda

Lewis Hamilton bateu o recorde de pole positions de Michael Schumacher há aproximadamente três anos, no GP da Itália de 2017, e hoje, na classificação para o GP da Toscana, aumentou seu recorde para 95, contra ‘apenas’ 68 do ex-piloto alemão. E os números do britânico vão além: a primeira colocação conquistada em Mugello foi a 69ª de Hamilton pela Mercedes, ou seja, no seu oitavo ano com a equipe alemã, o piloto já alcançou um número que Schumacher levou 16 anos para conquistar.

 

Isso porque a pole número 68 do alemão veio no GP da França de 2006, em Magny-Cours, à época em que tentava seu oitavo título mundial contra um jovem Fernando Alonso. No mesmo ano, Hamilton foi campeão mundial de GP2 e começaria sua carreira na Fórmula 1 em 2007.

Leia também:

A comparação de poles pela mesma equipe é ainda mais vantajosa a Hamilton: Schumacher correu 11 temporadas pela Ferrari, de 1996 a 2006, e pela Scuderia, conquistou 58 pole positions, 37 a menos do que o britânico pela Mercedes.

Os últimos recordes de Schumacher que ainda perduram são o de vitórias (91) e voltas rápidas (77). Hamilton se encaminha para bater o primeiro ainda esse ano se mantiver o mesmo ritmo das oito primeiras corridas da temporada 2020, onde conquistou cinco vitórias. Atualmente, o piloto tem 89 e está em boas condições de vencer a etapa deste domingo (12).

Já o recorde de voltas rápidas pode ficar mais um tempo com Schumacher, pois mesmo que Lewis fizesse a volta mais rápida em todas as corridas restantes da temporada, ele iria para 59 e teria que conquistar mais 18 na temporada de 2021, algo praticamente inexistente na Fórmula 1.

Será que a corrida de amanhã deixa o britânico a uma vitória do recorde de Schumi?

Confira aqui o grid de largada para o GP da Toscana.

Q4: Hamilton desbanca Bottas, Leclerc 'brilha' em quinto e Vettel fica atrás de Kimi em Mugello

PODCAST: Vitória de Gasly é prova que F1 é ambiente 'onde os fracos não têm vez'?

 

F1: Sainz não repete bom desempenho de Monza e diz que a classificação foi uma 'surpresa desagradável'

Artigo anterior

F1: Sainz não repete bom desempenho de Monza e diz que a classificação foi uma 'surpresa desagradável'

Próximo artigo

PÓDIO: Verstappen 'zicado', acidentes assustadores, polêmica com Bottas e vitória de Hamilton

PÓDIO: Verstappen 'zicado', acidentes assustadores, polêmica com Bottas e vitória de Hamilton
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Fabio Tarnapolsky