Fórmula 1 GP do Catar

F1 - Desmaios, problemas de visão e vômito no capacete: saiba quais pilotos mais sofreram no GP do Catar

Norris relatou perda de consciência de alguns pilotos no centro médico após a corrida de Losail, enquanto Leclerc refletiu sobre 'visibilidade' e Ocon falou sobre 'perrengue'

George Russell, Mercedes F1 W14, Pierre Gasly, Alpine A523

O GP do Catar de 2023 foi uma das corridas mais extremas dos últimos tempos na Fórmula 1, levando muitos pilotos fisicamente ao limite - e até além. Até mesmo o espanhol da Aston Martin Fernando Alonso, que já correu na Malásia e no Bahrein ao meio-dia, considerou essa uma das três corridas mais quentes de sua carreira de mais de duas décadas na categoria máxima do automobilismo.

O editor recomenda:

Embora a corrida tenha sido realizada à noite sob iluminação artificial, a temperatura no Catar era de 31 graus. Os macacões à prova de fogo usados pelos pilotos e o calor dos motores, é claro, aumentaram ainda mais a temperatura dentro do cockpit. 

Além disso, o circuito do Catar é uma pista muito física, com curvas de altíssima velocidade. Por fim, quando a corrida foi forçada a ter pit stops a cada 18 voltas, eles enfrentaram um desafio físico muito difícil. 

Desidratação

Quase todos os pilotos enfrentaram desidratação. O norte-americano da Williams Logan Sargeant, que havia adoecido no início da semana e já não estava em condições ideais, não conseguiu mais suportar as circunstâncias durante a corrida e foi de volta para a garagem. 

Após a corrida, o anglo-tailandês da Williams Alex Albon, o canadense da Aston Lance Stroll e o dinamarquês da Haas Kevin Magnussen tiveram dificuldades para sair de seus carros. Stroll foi para a ambulância após sair do carro. Albon, como muitos outros pilotos, foi ao centro médico.  

 

Stroll disse ter 'perdido a consciência' dentro do carro em alguns momentos. Após a corrida, o britânico da McLaren Lando Norris, terceiro colocado no GP, disse que alguns pilotos desmaiaram no centro médico. A maioria dos competidores foi tratada para combater a desidratação. 

Outro nome que teve problemas devido às condições durante a corrida foi o francês da Alpine Esteban Ocon. O piloto vomitou dentro de seu capacete "por duas voltas, nas voltas 15 e 16", conforme ele mesmo relatou.

Esteban Ocon, Alpine A523

Esteban Ocon, Alpine A523

Foto: Sam Bloxham / Motorsport Images

Apesar do vômito na parte inicial da corrida, Ocon continuou a pilotar nessas condições difíceis por cerca de 42 voltas e terminou a corrida em 7º. Ele acrescentou que deixou para trás seu mais GP na F1. O monegasco da Ferrari Charles Leclerc relatou dificuldade até para enxergar.

“Isso é algo que talvez tenhamos que discutir porque a certa altura não é nem uma preparação física, é só uma desidratação a tal ponto que você e sua visão ficam muito piores. Sua frequência cardíaca está disparando e é muito difícil controlar tudo isso, então foi muito, muito difícil", disse.

Todos esses eventos levantaram questões sobre os limites das condições na F1 e sobre a segurança dos pilotos. Alonso sugeriu que devem ser encontradas soluções para corridas nessas condições no futuro e disse que o horário de largada poderia ser adiado. 

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #250 – Andretti é aprovada pela FIA para F1. E agora?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Sargeant é liberado pela equipe médica após abandonar GP do Catar
Próximo artigo F1: Red Bull “precisa desesperadamente” que Pérez se recupere e não perca vice, diz Horner

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil