Fórmula 1
29 ago
-
01 set
Evento encerrado
05 set
-
08 set
Evento encerrado
19 set
-
22 set
Evento encerrado
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Próximo evento em
10 dias
31 out
-
03 nov
Próximo evento em
17 dias
14 nov
-
17 nov
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
45 dias

F1 diz que repensará posições de câmera para temporada 2019

compartilhar
comentários
F1 diz que repensará posições de câmera para temporada 2019
Por:
31 de jan de 2019 18:13

Campeonato fala que quer dar a telespectadores maior sensação de velocidade

A Fórmula 1 quer ajustar o posicionamento das câmeras de TV nesta temporada para melhor traduzir a velocidade dos carros para a tela.

A ideia é fazer com que a atual geração de carros de alto downforce pareça mais "ousada" do que no passado.

"Há uma grande tentativa para 2019 para refletir a velocidade do esporte e o ritmo dos carros", disse Dean Locke, diretor de TV e mídia da F1, ao Motorsport.com.

"Estamos repensando todas as posições de câmera. Se você está na arquibancada e assiste, os carros parecem incríveis, não é? Ângulos de câmera, ou lentes, podem trapacear bastante e fazê-los parecer não tão dramáticos e nem tão rápidos.”

"Então, analisamos diferentes maneiras de fazer isso, alguns truques. Sempre fomos bons em fazer tomadas rápidas para mostrar a alta velocidade dos carros, fazendo com que pareçam um pouco mais ousados ​​em alguns lugares.”

"Houve algumas pistas no ano passado – Japão, por exemplo -, onde realmente destacamos onde esses carros são bons."

A F1 também continua a trabalhar no som da unidade de energia, que tem sido um problema desde o início da era híbrida em 2014.

"O áudio mudou drasticamente. Fizemos muito mais em torno do carro. É um sucesso, mas em algumas pistas é melhor do que em outras. Os motores Honda soaram muito bem no ano passado. Fizemos algumas coisas realmente emocionantes com isso."

Outra área importante para o desenvolvimento em 2019 é a parceria com a Amazon Web Services, que permitirá à F1 adicionar mais elementos estratégicos a seus gráficos.

"Estamos trabalhando muito com a AWS e seus recursos de aprendizado de máquina para explicar coisas como o overcut e o undercut. Estamos usando a plataforma deles para nos fornecer os dados e a informação para alguns gráficos", acrescentou Locke.

"É uma ferramenta muito poderosa, e estamos apenas tocando isso agora, o que podemos alcançar ou não conseguir.”

"Por exemplo, a estratégia de pit stop: por que eles entraram, ou por que eles não entraram? Estamos contando com uma equipe de bons comentaristas para explicar isso, que no Reino Unido temos muita sorte de ter. Mas você não pode dar como certo isso nos outros 200 territórios e mais de 90 emissoras.”

"Temos gráficos que podem realmente explicar, do tipo: ‘ele começou com aqueles pneus, ele vai parar então’. Isso pode ser até mais dinâmico, porque se um VSC entrar, isso pode mudar.”

"Estamos usando todos os dados de sexta e sábado para criar o algoritmo do que achamos que acontecerá. Se pudermos explicar isso de maneira simples e fácil de ler, será uma grande vitória."

Ross Brawn, Formula One Managing Director of Motorsports speak about F1-TV in 2019

Ross Brawn, Formula One Managing Director of Motorsports speak about F1-TV in 2019

Photo by: Amazon Web Services

Próximo artigo
Button: Hamilton não é motivado pelos recordes de Schumacher

Artigo anterior

Button: Hamilton não é motivado pelos recordes de Schumacher

Próximo artigo

Por falta de recursos, promotor diz que renovação do GP da Itália “está longe”

Por falta de recursos, promotor diz que renovação do GP da Itália “está longe”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Adam Cooper