Hamilton se supera e bate Verstappen para fazer a pole do GP da Rússia

compartilhar
comentários
Hamilton se supera e bate Verstappen para fazer a pole do GP da Rússia
Por:
, Repórter

Sebastian Vettel bateu no Q2 e embolou a sessão qualificatória em Sochi

Depois de liderar o último treino livre para o GP da Rússia, Lewis Hamilton voltou a ser dominante no treino classificatório para a etapa de Sochi e largará na pole position. Uma grande conquista para o piloto, que quase foi eliminado na segunda parte da qualificação.

O editor recomenda:

O britânico da Mercedes cravou a marca de 1min31s304 e superou o companheiro Valtteri Bottas por mais de meio segundo. Entretanto, o finlandês largará de terceiro, já que foi superado no fim por Max Verstappen, da Red Bull. O holandês ficou a 0s563 do líder.

Tanto Verstappen quanto Bottas largam de pneus médios, enquanto Hamilton larga com compostos macios. Editor global de Fórmula 1 do Motorsport.com, o repórter britânico Jonathan Noble informa o top-10 do grid de largada para o GP da Rússia:

 

A classificação

Na primeira parte da sessão qualificatória, Bottas voltou a mostrar o poderio dos dois primeiros treinos livres e fez 1min32s656, superando Hamilton por mais de três décimos. O terceiro posto ficou com o surpreendente Daniil Kvyat, russo da AlphaTauri, com 1min33s511.

 

Na parte de trás do pelotão, o destaque ficou para o britânico George Russell, que avançou em 13º com a Williams. O piloto ficou à frente dos dois carros da Ferrari. O monegasco Charles Leclerc foi o 14º e o alemão Sebastian Vettel em 15º, no limite.

Os eliminados foram o francês Romain Grosjean, da Haas, o italiano Antonio Giovinazzi, da Alfa Romeo, o dinamarquês Kevin Magnussen, da Haas, o canadense Nicholas Latifi, da Williams, e o finlandês Kimi Raikkonen, da Alfa Romeo.

 

Q2

A segunda parte da classificação foi marcada por uma bandeira vermelha causada por Vettel, que bateu forte perto do fim do Q2 e interrompeu a sessão. No momento da batida do alemão (veja abaixo), o líder era o australiano Daniel Ricciardo, que fez 1min32s218 de pneus macios.

 

Logo na sequência, Bottas, que ficou a 0s187 do ponteiro, mas de compostos médios. As borrachas usadas no Q2 pelos dez primeiros colocados do treino classificatório são as mesmas utilizadas por tais pilotos na largada.

Quem foi prejudicado com a batida de Vettel foi Hamilton, que ainda não marcara um tempo suficientemente rápido com os pneus médios e ocupava somente o 15º posto. No reinício da sessão, o britânico tentou avançar de macios, como todos os pilotos.

Verstappen abortou sua última volta rápida, avançou em nono e largará de compostos médios. Hamilton abriu volta no limite, conseguiu o quarto tempo do Q2 e largará de borrachas macias, ao contrário de Bottas.

Ele ficou atrás de Ricciardo, Bottas e Sainz na segunda parte do treino classificatório para o GP da Rússia de F1. Os eliminados foram Leclerc, Kvyat, Lance Stroll, canadense da Racing Point, Russell e Vettel.

Q3

Depois do susto no Q2, Hamilton não deu chances para ninguém no trecho final da classificação, e marcou uma pole voadora, 01min31s304. Ele ainda conseguiu o novo recorde da pista, além de aumentar sua marca histórica para 96 pole positions.

A grande surpresa do final da classificação foi Verstappen, que entregou uma volta voadora derradeira para se colocar no segundo lugar que parecia garantido para Bottas. Grande revés para o finlandês.

Cla # Piloto Equipe Motor Volta Dif
1 44 United Kingdom Lewis Hamilton Mercedes Mercedes 1'31.304  
2 33 Netherlands Max Verstappen Red Bull Honda 1'31.867 0.563
3 77 Finland Valtteri Bottas Mercedes Mercedes 1'31.956 0.652
4 11 Mexico Sergio Perez Racing Point Mercedes 1'32.317 1.013
5 3 Australia Daniel Ricciardo Renault Renault 1'32.364 1.060
6 55 Spain Carlos Sainz Jr. McLaren Renault 1'32.550 1.246
7 31 France Esteban Ocon Renault Renault 1'32.624 1.320
8 4 United Kingdom Lando Norris McLaren Renault 1'32.847 1.543
9 10 France Pierre Gasly AlphaTauri Honda 1'33.000 1.696
10 23 Thailand Alex Albon Red Bull Honda 1'33.008 1.704
11 16 Monaco Charles Leclerc Ferrari Ferrari 1'33.239 1.935
12 26 Russian Federation Daniil Kvyat AlphaTauri Honda 1'33.249 1.945
13 18 Canada Lance Stroll Racing Point Mercedes 1'33.364 2.060
14 63 United Kingdom George Russell Williams Mercedes 1'33.583 2.279
15 5 Germany Sebastian Vettel Ferrari Ferrari 1'33.609 2.305
16 8 France Romain Grosjean Haas Ferrari 1'34.592 3.288
17 99 Italy Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Ferrari 1'34.594 3.290
18 20 Denmark Kevin Magnussen Haas Ferrari 1'34.681 3.377
19 6 Canada Nicholas Latifi Williams Mercedes 1'35.066 3.762
20 7 Finland Kimi Raikkonen Alfa Romeo Ferrari 1'35.267 3.963

Q4: Acompanhe o debate após a classificação do GP da Rússia, com Gabriel Casagrande e Tiago Mendonça

PODCAST: Qual é o limite de Max Verstappen na Red Bull?

 

.

Verstappen: Honestidade da Honda é chave na relação com Red Bull

Artigo anterior

Verstappen: Honestidade da Honda é chave na relação com Red Bull

Próximo artigo

PLACAR F1: Com nova pole voadora, Hamilton abre 8 a 2 sobre Bottas; Russell e Verstappen seguem imbatíveis

PLACAR F1: Com nova pole voadora, Hamilton abre 8 a 2 sobre Bottas; Russell e Verstappen seguem imbatíveis
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Rússia
Autor Carlos Costa