F1: Ferrari planeja ter novo simulador 100% operacional no começo de 2022

Apesar de já estar sendo utilizado, sistema ainda passa pela fase de calibração

F1: Ferrari planeja ter novo simulador 100% operacional no começo de 2022
Carregar reprodutor de áudio

Após anunciar em julho deste ano que havia completado as obras de um novo espaço para um simulador de última geração para a equipe de Fórmula 1, a Ferrari confirmou que planeja ter as operações de pé já no começo de 2022.

Inicialmente, o objetivo da equipe era ter o simulador já 100% funcional no final de 2021, ajudando no desenvolvimento do carro de 2022. Enquanto o programa foi usado pela primeira vez em setembro, a Ferrari passou os últimos meses calibrando o sistema com os pilotos. Seu primeiro uso oficial veio na preparação para o GP da Arábia Saudita.

Leia também:

Falando com a imprensa em Abu Dhabi, o diretor esportivo Laurent Mekies explicou que o objetivo é ter o sistema 100% funcional no começo de 2022.

"Começamos a usá-lo com os pilotos em setembro, mas leva um, dois, três meses para validá-lo. Acho que Mattia disse que usamos no apoio à corrida anterior. Mas isso não significa que a correlação está finalizada. É parte do ciclo ter os dados mais específicos possível".

"Se ele já está funcionando completamente? Não. Quando estará? Possivelmente no começo do próximo ano. Então esse é o que estamos usando, trabalhando. Já está em seu potencial total? Nem um pouco".

Carlos Sainz Jr., Ferrari SF21

Carlos Sainz Jr., Ferrari SF21

Photo by: Jerry Andre / Motorsport Images

O novo simulador possui tecnologia de ponta no auxílio aos pilotos, assim como outras equipes possuem. Antonio Fuoco e Davide Rigon são os dois prinicpais pilotos de simulador da Ferrari. Mas a equipe segue usando o simulador anterior para ajudar no processo de transição, o que Mekies disse que é "um grande passo", visto ainda por "poucas pessoas" dentro da Ferrari.

"De uma perspectiva de recursos, você não quer alongar muito essa fase de transição. É por isso que já estamos usando o novo na preparação para corridas, mesmo que ainda não esteja 100%, porque consome energia ficar transitando entre um e outro".

Charles Leclerc disse em Abu Dhabi que o novo simulador parece ótimo, mas que ainda não o utilizou.

"Acho que será uma melhora de tudo, como sentimos, especialmente para o piloto. É muito difícil recriar a força G que temos no carro de verdade. Então será uma melhora principalmente na sensação do piloto com o carro. Mas ainda não testei".

Mari Becker revela bastidores de tretas de Hamilton x Verstappen na F1 2021

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #154 - Giaffone analisa polêmica de Abu Dhabi e ano de Verstappen e Hamilton

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Possíveis líderes no começo de 2022 perderão vantagem rapidamente, diz Domenicali
Artigo anterior

F1: Possíveis líderes no começo de 2022 perderão vantagem rapidamente, diz Domenicali

Próximo artigo

F1: Mudanças de aerodinâmica afetaram mais Aston Martin do que Mercedes

F1: Mudanças de aerodinâmica afetaram mais Aston Martin do que Mercedes
Carregar comentários