F1: Ocon revela que ficou "muito doente" nas férias devido a vírus pulmonar

No entanto, francês diz que está com a saúde 100%, após seis semanas preocupantes

Esteban Ocon, Alpine F1 Team at Press Conference

Esteban Ocon revelou que um vírus pulmonar “preocupante” afetou seu programa de treinamento de inverno antes da nova temporada da Fórmula 1, mas desde então ele recuperou a forma física total.

Ao longo de 2022, Ocon renovou o foco em seus esforços físicos e regime de treinamento em uma tentativa de encontrar mais desempenho no carro, ajudando a ter sua temporada de maior sucesso na F1 até o momento.

Leia também:

Embora Ocon não tenha conseguido terminar no pódio, ele registrou seu maior total de pontos em uma única temporada até o momento, a caminho do oitavo lugar no campeonato de pilotos da Alpine.

Mas após o final da temporada em Abu Dhabi, Ocon revelou que ficou “muito doente” depois de pegar um vírus pulmonar que afetou seu treinamento e fez com que sua condição física caísse.

“Por um mês e meio, não consegui voltar ao nível de condicionamento físico que deveria ter”, explicou Ocon durante o lançamento do novo carro de F1 da Alpine na quinta-feira.

“Mas fizemos um ótimo trabalho junto com minha equipe, com meus treinadores, e para voltar ao nível físico que eu tinha no ano anterior.

“Eu me sinto ótimo agora. Mas em um período muito curto de tempo, esses vírus são fortes. Todo mundo precisa se cuidar, obviamente.”

Esteban Ocon, Alpine, Pierre Gasly, Alpine

Esteban Ocon, Alpine, Pierre Gasly, Alpine

Photo by: Alpine

Ocon esclareceu que está "de volta aos 100% agora", mas admitiu que foi "preocupante por um momento", pois não conseguiu concluir seu treinamento habitual por seis semanas.

“Consegui fazer algumas coisas, mas como meu cardio foi para o nível mais alto em ritmo de caminhada, por exemplo. Foi muito ruim”, disse Ocon.

“Ficamos bastante preocupados, mas fizemos de tudo para que eu me recuperasse o mais rápido possível e mudasse para o modo de treinamento completo quando me sentisse melhor, e então subi maciçamente.

“Mas por muito tempo ela estagnou, e foi aí que começamos a nos preocupar.”

O ex-companheiro de equipe de Ocon, Fernando Alonso, viu seus preparativos de pré-temporada impactados em 2021 após um acidente de ciclismo que o impediu de treinar por várias semanas, enquanto uma cirurgia subsequente interrompeu sua preparação para 2022.

Mas Ocon disse que os resultados de seus testes físicos de pré-temporada mostraram que ele estava “mais alto na maioria dos dados do que em 2022”, sugerindo que ele estava de volta à condição de pico.

“Foi apenas um momento assustador por um bom tempo que não estava indo embora”, disse Ocon.

“O corpo humano é uma máquina muito estranha. Não é uma máquina, é por isso que não podemos consertá-la tão rapidamente quanto consertamos o carro, o que às vezes é muito chato. Mas é assim".

ANÁLISE da Mercedes '23: O que MUDA quanto a '22, DETALHES TÉCNICOS do W14 e SEMELHANÇAS com Ferrari

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #217 – Como serão as batalhas internas das equipes na F1 2023?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Anunciado como embaixador da Alpine, Zidane tem longa relação com a F1
Próximo artigo F1: Confira todas as pinturas dos carros de 2023 e eleja as melhores

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil