F1- Gasly quer vitórias: "não me interessa lutar por oitavo a carreira toda"

Pierre Gasly está confiante com seu desempenho e a AlphaTauri, além disso, o francês mostra como está ambicioso com a sua carreira

F1- Gasly quer vitórias: "não me interessa lutar por oitavo a carreira toda"

Pierre Gasly, da AlphaTauri, sentiu o gosto da vitória pela primeira vez em 2020, ao vencer o GP da Itália. A vitória veio após ser rebaixado da Red Bull. Desde então (e até antes), o francês já vinha com um bom resultado na categoria. E claro, ele quer mais.

O sonho de Gasly é retornar para a equipe principal e mostrar que ele não apenas evoluiu, mas é o piloto que a equipe precisa para bater a sua meta de recuperar um título de construtores. Entretanto, Helmut Marko, consultor da Red Bull, já disse que ainda não é hora de Gasly retornar e que, por mais que saibam que ele está indo muito bem, somente em 2023 irão estudar o que fazer com o francês.

Leia também:

Mas Pierre Gasly sabe bem o que quer, sabe qual é sua meta: vencer. Ele vem em uma ótima temporada, com um pódio no Azerbaijão e batendo o companheiro de equipe regularmente. Das 11 corridas até agora, pontuou em oito e está em 8º no campeonato com 50 pontos.

Sobre a meta, Gasly deu algumas declarações para o repórter Adam Cooper na MotorSport Magazine.

"Minha meta pessoal, minha motivação, é lutar por vitórias. No fim do dia, não é interessante lutar por P8 ou P10 por toda sua carreira, não é isso que eu quero. Talvez vejamos como as coisas estão evoluindo na AlphaTauri", disse o francês.

Sebastian Vettel, Aston Martin, and Pierre Gasly, AlphaTauri AT02, on the grid

Sebastian Vettel, Aston Martin, and Pierre Gasly, AlphaTauri AT02, on the grid

Photo by: Jerry Andre / Motorsport Images

No GP da Hungria, realizado antes das férias de verão da Fórmula 1, Gasly conquistou um quinto lugar e fez a volta mais rápida. Mesmo com algumas reclamações, como a falta de ritmo de corrida no GP da Estíria, ele está ciente do potencial da AlphaTauri.

"Talvez estamos na posição de lutar mais constante por posições melhores, o que é o que eu tento fazer aqui, forçar o time nessa direção e tentar levá-los para frente. E eu acho que estamos fazendo um trabalho excelente. E a única coisa que eu posso fazer é ter performance, é nisso que estou focando".

"No fim do dia, o que eu realmente quero é um carro competitivo. Eu estou trabalhando duro para ser um piloto completo. E eu acho que é isso que eu estou mostrando na pista, lutando contra as Ferraris e com as McLaren em igualdade, consistentemente, indo bem nas classificações e nas corridas, acho que estou mostrando meu potencial".

"Obviamente eu vejo pessoas da minha geração ganhando as chances de ir para carros melhores, vejo o que eles são capazes de fazer. Eu sei o que eu sou capaz de fazer"

Sobre o futuro da categoria, com o novo regulamento para 2022 e o teto de gastos atingindo os grandes times, Gasly está ciente que depende só da AlphaTauri dar o que ele precisa para o próximo ano: um carro melhor.

"Eu acho que estamos indo para um futuro bem desconhecido em termos de performance entre os times. Eu acho que isso provavelmente irá favorecer mais o pelotão intermediário"

"Mas como eu disse várias vezes, acho que o conhecimento, tudo que eles construíram nos últimos 10, 15 anos, isso irá trazer vantagem. Eles são mais eficientes, tem mais conhecimento sobre as coisas e isso é algo que eles levarão para o futuro também. Eu ainda espero uma diferença entre os times da frente e do meio da tabela, mas provavelmente o regulamento será mais amigável que nos anos anteriores, isso é certo".

O francês vê ainda a possibilidade da AlphaTauri melhorar no próximo ano, já que todas as equipes estão em um momento de indecisão sobre qual caminho seguir para 2022.

"Eu acho que olhar para algo como um objetivo pode ir para qualquer caminho. Se estamos buscando um truque especial no carro, que vai funcionar muito bem então podemos ter melhores resultados no ano que vem. Ao mesmo tempo, nós podemos perder algo grande no carro. Existem tantas direções para começar, novas páginas, que é muito, muito difícil saber para onde você vai ou ter certeza que não perdeu nada no meio do caminho. Eu não acho que ninguém saiba quem será forte no paddock".

Assim como Fernando Alonso, Gasly também espera que a próxima temporada conte com mais surpresas.

"Mas nada está garantido. E pode haver boas surpresas para o próximo ano."

TOP 5: PILOTOS e EQUIPES da F1 que ficaram DEVENDO na primeira metade da TEMPORADA 2021

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #124 – Qual piloto merece uma segunda chance na F1?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1- Leclerc correrá em Spa com terceiro motor
Artigo anterior

F1- Leclerc correrá em Spa com terceiro motor

Próximo artigo

F1- Hill preocupado que duelo entre Max e Lewis em Spa leve a consequências perigosas

F1- Hill preocupado que duelo entre Max e Lewis em Spa leve a consequências perigosas
Carregar comentários