Fórmula 1 GP de São Paulo

F1: Gasly tem dúvidas sobre capacidade de liderança de Tsunoda

Na visão do francês "só o tempo dirá", mas vê nítidas evoluções no companheiro de equipe

Pierre Gasly, Scuderia AlphaTauri

Pierre Gasly acha muito cedo para saber se o atual companheiro de equipe na AlphaTauri, Yuki Tusnoda tem o que é preciso para lidar uma equipe de Fórmula 1 na temporada do ano que vem.

O francês está deixando o time de Faenza no final da temporada para se juntar à Alpine em 2023 e será substituído pelo novato Nyck de Vries. Tendo construído uma boa amizade com Tsunoda durante seus dois anos juntos, ele espera que o jovem japonês possa superar suas fraquezas e provar que é um forte trunfo daqui para frente.

Leia também:

Questionado se ele achava que Yuki tem o que é preciso para ser líder de equipe, Gasly disse: “Acho que só o tempo dirá se ele tem o que é preciso para liderar. Seu caminho para a F1 foi meio rápido. Ele foi F4/F3/F2 e direto para a Fórmula 1 ainda muito jovem, sem muita experiência. Então acho que só o tempo dirá.

“Com certeza ele melhorou muito este ano. [Eu] não ficaria surpreso em vê-lo progredir novamente na próxima temporada. Acho que ele sabe no que precisa trabalhar: um pouco de autocontrole. Mas sim, ele sabe disso e quero dizer que ele tem boas pessoas ao seu redor e acho que esse ambiente também é bom para ele realmente se desenvolver como um piloto melhor.”

Pierre Gasly, Scuderia AlphaTauri and Yuki Tsunoda, Scuderia AlphaTauri

Pierre Gasly, Scuderia AlphaTauri and Yuki Tsunoda, Scuderia AlphaTauri

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

Mesmo indo para novos ares, Gasly acredita que continuará em contato com Tsunoda.

“Ele não mora tão longe da minha casa em Milão, então tenho certeza que teremos mais algum tempo fora da temporada para recuperar o atraso”, explicou. “Não há besteira com Yuki e isso é uma coisa que eu realmente aprecio, tudo o que passa pela cabeça dele sai de sua boca em um flash de luz.

“Ele é um personagem muito único, ele tem um grande senso de humor, sem filtro, o que pode ser bastante surpreendente às vezes. Ele é um grande ser humano. Gostei muito desses últimos dois anos, em poder vê-lo evoluir dentro da equipe, também como pessoa, acho que ele se desenvolveu bastante e, definitivamente, [é] alguém que aprecio e que chamo de amigo com prazer”.

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

 

Podcast Motorsport.com debate se punição à RBR 'saiu barato': o 'crime compensa' na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Emerson Fittipaldi concorda com Alonso sobre títulos de Hamilton e Verstappen
Próximo artigo F1: 'Ex-Red Bull' vê Verstappen "fraco tecnicamente" e o compara a Vettel

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil