Relato da corrida
Fórmula 1 GP da Grã-Bretanha

F1: Hamilton vence GP da Grã-Bretanha, fatura primeira desde 2021 e quebra novo recorde

Pole no sábado, Russell precisou abandonar por problemas no carro

Lewis Hamilton, Mercedes-AMG F1 Team, waves to fans at the end of Qualifying

Lewis Hamilton, Mercedes-AMG F1 Team, waves to fans at the end of Qualifying

Foto de: Sam Bloxham / Motorsport Images

Chuva, pista seca, chuva, pista seca. O GP da Grã-Bretanha de Fórmula 1 foi marcado pelas condições mistas do clima que deram um ar de caos à prova. A vitória, depois de trocar de mãos várias vezes, ficou com Lewis Hamilton, pela primeira vez desde 2021.

A última vitória do britânico foi há 945 dias, quando venceu o GP de Jeddah daquele ano. Além disso, com a vitória deste domingo, ele se torna o maior vencedor em um mesmo circuito, somando 9 vitórias e ultrapassando Michael Schumacher Magny-Cours. 

O pódio foi completado por Max Verstappen e Lando Norris. George Russell que largou da pole, precisou abandonar a corrida com problemas no carro. 

A corrida

Antes mesmo da prova começar, Gasly foi chamado aos boxes por problema no carro e precisou abandonar. 

O início da corrida aconteceu de forma limpa, sem nenhum toque. Russell manteve a posição, Hamilton não tentou atacar e protegeu o companheiro das 'garras' de Verstappen. O holandês superou Norris que começou a tomar pressão de Piastri. 

Depois da movimentação inicial, a 'poeira' abaixou na corrida, mas a ameaça de chuva começou a se tornar cada vez mais real. Com 12 voltas completadas, a Mercedes tinha uma vantagem 'confortável' em relação à Red Bull. 

Norris, depois de se aproximar bastante do holandês, começou a atacar o tricampeão na busca pela recuperação do 3º lugar. A ultrapassagem veio na reta antes da curva 15, de forma 'tranquila', passando por Verstappen 'de passagem'. 

 

Aproveitando o embalo do companheiro de equipe, Piastri também ultrapassa Verstappen no momento em que a garoa começava a cair na pista. Um pouco mais à frente, Hamilton deixou de lado o papel de escudeiro de Russell e iniciou as tentativa de ultrapassar George, conseguindo sem grandes dificuldades.

Meia volta depois, a chuva molhou de vez à pista dificultando a vida dos pilotos. Hamilton e Russell perderam o carro, foram para grama e, com isso, Norris aproveitou a bobeada de George e ultrapassou. Posteriormente, ele também deu o bote em Hamilton e assumiu a liderança.

 

Lá atrás, Piastri também aproveitou o momento de chuva e atacou as duas Mercedes assumindo o segundo lugar, invertendo a ordem inicial da corrida. Enquanto tudo isso acontecia, Leclerc e Pérez foram aos boxes e colocaram pneus intermediários. 

No rádio, o mexicano reclamou que a pista estava muito seca, confirmando que não foi uma boa movimentação colocar os pneus de chuva. Na volta 26, Leclerc mostrava claramente o sofrimento de se manter na pista com a gama intermediária em condições secas.

 

Uma volta depois, Verstappen e Sainz foram chamados ao box. Logo depois, grande parte do grid seguiu o holandês e calçaram os pneus para pista molhada, no momento em que a chuva voltou a cair. Nas primeiras posições, Mercedes e McLaren  se mantiveram na pista por mais uma volta.

Hamilton e Russell entraram juntos, mas a Piastri continuou de pneus slick na pista. Pouco mais de 20 voltas para o fim, a situação da pista era confusa, com pontos secos, pontos muito molhados e alguns medianos. 

A volta 34 marcou o abandono repentino de Russell por conta de um problema no sistema de água do carro. 

 

Na 15 finais, o sol resolveu que era hora de dar as caras novamente fazendo os pilotos quebrarem a cabeça para pensar o melhor momento de retornar aos boxes para colocar pneus slick. Foi a volta 38 que marcou a troca dos compostos. Hamilton, Verstappen e Piastri entraram enquanto Norris ficou.

 O britânico da McLaren foi parado uma volta depois, com isso, Hamilton assumiu a liderança novamente, enquanto Lando voltou em segundo. As cinco última voltas trouxeram o 'remake' de Norris x Verstappen da Áustria, mas em ordem inversa.

Desta vez, sem problemas. Verstappen passou de passagem por Lando.

CLA PILOTO # VOLTAS TEMPO INTERVALO KM/H PITS PONTOS
1 L. HamiltonMERCEDES 44 52

-

    2 25
2 M. VerstappenRED BULL RACING 1 52

+1.465

1.465

1.465   2 18
3 L. NorrisMCLAREN 4 52

+7.547

7.547

6.082   2 15
4 O. PiastriMCLAREN 81 52

+12.429

12.429

4.882   2 12
5 C. Sainz Jr.FERRARI 55 52

+47.318

47.318

34.889   3 11
6 N. HulkenbergHAAS F1 TEAM 27 52

+55.722

55.722

8.404   2 8
7 L. StrollASTON MARTIN RACING 18 52

+56.569

56.569

0.847   2 6
8 F. AlonsoASTON MARTIN RACING 14 52

+1'03.577

1'03.577

7.008   2 4
9 A. AlbonWILLIAMS 23 52

+1'08.387

1'08.387

4.810   2 2
10 Y. TsunodaRB 22 52

+1'19.303

1'19.303

10.916   2 1
11 L. SargeantWILLIAMS 2 52

+1'28.960

1'28.960

9.657   2  
12 K. MagnussenHAAS F1 TEAM 20 52

+1'30.153

1'30.153

1.193   2  
13 D. RicciardoRB 3 51

1 lap

    2  
14 C. LeclercFERRARI 16 51

1 lap

    3  
15 V. BottasSAUBER 77 51

1 lap

    2  
16 E. OconALPINE 31 50

2 laps

    4  
17 S. PerezRED BULL RACING 11 50

2 laps

    4  
18 G. ZhouSAUBER 24 50

2 laps

    4  
dnf G. RussellMERCEDES 63 33

 

    2  
dnf P. GaslyALPINE 10 0

 

   

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Verstappen x Norris: nasce uma nova guerra na Fórmula 1? Ouça debate

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior VÍDEO: Assista ao teaser de "F1", filme estrelado por Brad Pitt
Próximo artigo PÓDIO: Hamilton volta a vencer após 900 dias de jejum e quebra recorde

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil