F1 - Horner detona Masi por regras em excesso: "Hoje o esporte sentiu a falta de Charlie Whiting"

Chefe da Red Bull ainda explicou perda de rendimento de Verstappen após a batida, que o forçou a entrar em modo de sobrevivência

F1 - Horner detona Masi por regras em excesso: "Hoje o esporte sentiu a falta de Charlie Whiting"

Christian Horner não poupou críticas ao diretor de provas da Fórmula 1, Michael Masi, após o GP da Arábia Saudita deste domingo. O chefe da Red Bull afirmou que hoje parecem ter regras em excesso no esporte, fazendo com que todos sintam falta de seu antecessor, Charlie Whiting, que morreu em 2019.

O GP da Arábia Saudita foi marcado pelo caos e pelas polêmicas, especialmente as envolvendo Lewis Hamilton e Max Verstappen. O holandês foi obrigado a devolver a posição para o rival na segunda relargada e quando foi fazer isso novamente, no fim da prova, acabou entrando em uma confusão que terminou com o heptacampeão batendo na traseira da Red Bull.

Leia também:

Com os resultados deste domingo, Hamilton e Verstappen saem empatados no Mundial com apenas o GP de Abu Dhabi pela frente. Será campeão da F1 2021 quem chegar na frente no próximo domingo.

Mas um dos momentos inusitados da corrida veio durante a segunda bandeira vermelha, quando a transmissão mostrou rádios da direção de prova com os representantes da Mercedes e da Red Bull, dando a impressão de que Masi estaria "negociando" com a equipe austríaca se Verstappen devolveria a posição a Hamilton ou não após fazer uma defesa saindo da pista.

Horner comentou sobre a situação, que chamou a atenção dos fãs nas redes sociais pela peculiaridade.

"Foi incomum. Não havia visto isso antes. Obviamente, apresentamos nosso argumento. Tenho certeza que a Mercedes fez o mesmo. Foi muito frustrante. Não sentimos que essa punição de cinco segundos era necessária".

"Sentimos que Lewis deu na traseira do carro de Max. Então, obviamente, teremos uma audiência logo mais, mas parece que ele estava tentando evitar a ultrapassagem porque não queria que Max abrisse o DRS na sequência".

Na sequência, Horner passou a fazer críticas mais diretas ao diretor de provas Masi e os comissários, relembrando inclusive o antecessor de Masi, Charlie Whiting, que morreu dias antes do GP da Austrália de 2019.

"Acho que somos regulados em excesso, há regras como a distância de 10 carros, mas aí uma volta de apresentação não é uma volta de apresentação se for relargada... parece que temos regras demais".

"Hoje o esporte sentiu a falta de Charlie Whiting. Sinto muito por dizer isso, mas a experiência que ele tinha... é obviamente frustrante, mas sim, é difícil para Michael e os comissários, especialmente em pistas assim, com a quantidade de detritos e tipos de curvas, mas é o mesmo para todos".

Mika Salo and Charlie Whiting, FIA Delegate

Mika Salo and Charlie Whiting, FIA Delegate

Photo by: Simon Galloway / Motorsport Images

Horner disse ainda que ficou desapontado com as decisões tomadas neste domingo porque "todas foram contra nós, assim como no Catar".

O chefe da Red Bull ainda explicou o que aconteceu com Verstappen após a batida, perdendo rendimento em comparação a Hamilton, mesmo com o dano na asa do heptacampeão.

"Assim que Max foi punido, nossa única chance de vencer seria construindo essa diferença de cinco segundos mas os danos que ele tinham no difusor e na traseira do carro, ainda não sabemos exatamente o que, tornaram impossível para ele abrir essa diferença".

"Então ele optou por deixar que Lewis passasse e entrou em modo de levar o carro até o final, porque vimos que haviam alguns cortes em seu pneu, cortes bem fundos. Então tentamos garantir que ele terminasse para fazer 18 pontos em vez de nenhum".

F1 AO VIVO: VERSTAPPEN e HAMILTON travam GUERRA na Arábia Saudita e chegam EMPATADOS para decisão | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #149: Frank Williams é o maior personagem da F1 fora das pistas?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Verstappen é punido com mais 10 segundos pela colisão com Hamilton no GP, mas mantém 2º lugar
Artigo anterior

F1: Verstappen é punido com mais 10 segundos pela colisão com Hamilton no GP, mas mantém 2º lugar

Próximo artigo

F1 - Hamilton critica Verstappen após polêmicas em Jeddah: "Parece que as regras não se aplicam a um de nós"

F1 - Hamilton critica Verstappen após polêmicas em Jeddah: "Parece que as regras não se aplicam a um de nós"
Carregar comentários