F1: Hulkenberg não vê chances de retorno à categoria em 2022

Piloto ‘joga toalha’ em negociação com Alfa Romeo o que define fim de jornada na maior categoria do automobilismo mundial

F1: Hulkenberg não vê chances de retorno à categoria em 2022

Nico Hulkenberg disse ao Bild am Sonntag que se não encontrasse um assento em tempo integral, que encerraria o ‘capítulo Fórmula 1' em sua carreira. Nesta quinta-feira (09), ele disse a outro veículo de comunicação alemão, o Bild, que não está mais em negociação com a Alfa Romeo, equipe que possui a última vaga no grid para 2022.

Leia também:

"Não há negociações com a Alfa Romeo. Afinal, essa teria sido a última opção para um assento permanente em 2022, depois de todos os outros cockpits terem sido preenchidos."

O alemão está levando a situação com calma, porém, dizendo: "A vida continua." Segundo o piloto, ele tem "convites empolgantes de outras categorias".

Ele também disse que não está sob pressão em termos de tempo: "Não tenho pressa em tomar uma decisão. Quero resolver tudo e depois ver como as coisas progridem.”

Hulkenberg disputou o último GP de F1 em 2020, mas apenas como piloto reserva da Racing Point, agora Aston Martin. Em suas duas largadas, no lugar de Sergio Pérez e Lance Stroll, ele foi sétimo em Silverstone e oitavo em Nurburgring.

O alemão completou sua última temporada em tempo integral pela Renault em 2019. Ao todo foram 179 corridas, tendo como melhor colocação vários quartos lugares. Ele detém o recorde do maior número de provas sem um resultado sequer entre os 3 primeiros.

Proprietário de equipe na IndyCar, Ed Carpenter revelou em julho que Hulkenberg havia demonstrado interesse em um possível teste, mas disse que "não colocaria muita substância nisso" no que diz respeito a uma jornada em tempo integral.

F1 2021: Mercedes FAVORITA na Itália? Rico Penteado explica chance de Hamilton voltar a ser LÍDER | TELEMETRIA

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST - Bottas: piloto que deixou a desejar ou talento 'sacrificado'?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

 

compartilhar
comentários
F1 pensa em tornar obrigatório que equipes coloquem jovens pilotos nos treinos de sexta
Artigo anterior

F1 pensa em tornar obrigatório que equipes coloquem jovens pilotos nos treinos de sexta

Próximo artigo

F1: Verstappen não crê que Red Bull brigue com Mercedes de igual para igual em Monza

F1: Verstappen não crê que Red Bull brigue com Mercedes de igual para igual em Monza
Carregar comentários