F1: Kubica segue na vaga de Raikkonen na Alfa para o GP da Itália

Piloto polonês correrá em Monza, circuito no qual conquistou seu primeiro pódio na categoria

F1: Kubica segue na vaga de Raikkonen na Alfa para o GP da Itália

Robert Kubica vai substituir Kimi Raikkonen mais uma vez, agora no GP da Itália de Fórmula 1. O finlandês não participou da etapa da Holanda por ter contraído Covid-19 e o polonês, que é reserva da Alfa Romeo, entrou em seu lugar. O mesmo acontecerá em Monza.

O editor recomenda:

Segundo informações da mídia polonesa TVP Sport, Raikkonen não deve apresentar um teste negativo a tempo da próxima corrida, o que seria obrigatório para ele voltar ao cockpit da escuderia. Assim, Kubica foi confirmado para o GP da Itália.

“A Alfa Romeo Racing pode confirmar que o piloto reserva, Robert Kubica, continuará a substituir Kimi Raikkonen no GP da Itália neste fim de semana”, comunicou a equipe ítalo-suíça nesta quarta-feira.

“Kimi perdeu a corrida da semana passada em Zandvoort depois de um teste positivo para Covid-19 e ainda não foi liberado para voltar às corridas. De acordo com os requisitos das autoridades de saúde, ele ainda está se isolando em sua casa. Robert, que teve um desempenho admirável na Holanda após entrar em ação em curto prazo antes do terceiro treino livre, retornará ao carro ao lado de Antonio Giovinazzi.”

Kubica disse: “Em primeiro lugar, quero compartilhar meus melhores votos para Kimi. Espero que ele se recupere totalmente e volte ao cockpit em breve. Estou ansioso por correr em Monza, uma pista incrível onde conquistei o meu primeiro pódio, em 2006."

“Ao contrário de Zandvoort, é uma pista que conheço bem e isso vai ajudar, especialmente porque o formato do fim de semana, com a corrida classificatória, significa que teremos uma sessão de treinos a menos. Estou feliz com o que fiz na Holanda e mal posso esperar para ajudar a equipe mais uma vez em Monza", completou o piloto, que seguirá ao lado do italiano Giovinazzi em mais uma etapa.

O polonês volta ao circuito onde conquistou seu primeiro pódio na F1, em 2006, e disputará sua segunda prova no ano. A última temporada completa do piloto foi em 2019, quando dividiu os boxes da Williams com o britânico George Russell, confirmado na Mercedes para 2022.

A INSATISFAÇÃO de Hamilton com Russell na Mercedes e a DESOBEDIÊNCIA de Bottas

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST - Bottas: piloto que deixou a desejar ou talento 'sacrificado'?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
TELEMETRIA: Mercedes favorita na Itália? Rico Penteado explica chance de Hamilton voltar a ser líder da F1
Artigo anterior

TELEMETRIA: Mercedes favorita na Itália? Rico Penteado explica chance de Hamilton voltar a ser líder da F1

Próximo artigo

F1: Andretti vai comprar a Alfa Romeo-Sauber, diz site; saiba mais

F1: Andretti vai comprar a Alfa Romeo-Sauber, diz site; saiba mais
Carregar comentários