F1: Marko rejeita troca de motor para Verstappen em Jeddah, mas deixa porta aberta para Abu Dhabi

Holandês colocou sua unidade de potência mais recente na Rússia, completando seis corridas desde então

F1: Marko rejeita troca de motor para Verstappen em Jeddah, mas deixa porta aberta para Abu Dhabi

Com Lewis Hamilton prestes a retomar o motor "apimentado" da Mercedes neste fim de semana, no GP da Arábia Saudita de Fórmula 1, muitos passaram a questionar se a Red Bull responderia na mesma moeda, trocando o motor de combustão interna de Max Verstappen. Mas Helmut Marko descarta que isso aconteça em Jeddah, deixando a porta aberta para Abu Dhabi.

Verstappen chega a Jeddah com oito pontos de vantagem para Hamilton no Mundial, com apenas 52 ainda em jogo nas duas últimas corridas da temporada. E apesar de ter o primeiro match point do título neste fim de semana, as características da pista saudita, de alta velocidade, devem favorecer a Mercedes, o que pode deixar o heptacampeão em condições de virar o jogo.

Leia também:

E para ajudar, Hamilton terá novamente em seu carro o motor usado no fim de semana em Interlagos, quando superou a exclusão da classificação e a punição pela troca do componente para vencer com larga vantagem para Verstappen.

Informações surgidas nos últimos dias davam que a Honda está tentando convencer a Red Bull a trocar o motor de combustão interna de Verstappen, mas que existe uma certa resistência da parte da equipe.

O holandês colocou a unidade de potência atual antes do GP da Rússia e, desde então, fez mais cinco provas com ela: Turquia, Estados Unidos, México, Brasil e Catar, enquanto a equipe vinha reforçando que manteria o motor na reta final, fazendo ainda Arábia Saudita e Abu Dhabi.

Segundo bastidores, a Honda queria ter feito a troca ainda no Catar, mas a Red Bull esperava que Verstappen tivesse uma chance de vencer ao largar na primeira fila. Quando sua punição foi confirmada, não havia tempo suficiente para realizar a troca.

Em entrevista ao F1 Insider, Marko voltou a descartar a possibilidade de uma troca no fim de semana, mas deixou a porta aberta para o próximo: "Não há previsão de troca de motor na Arábia Saudita no momento. Se houver, será em Abu Dhabi".

Caso Verstappen troque o motor de combustão interna em uma das duas etapas restantes, ele pagaria uma punição de cinco posições, assim como Hamilton em Interlagos. O regulamento permite apenas três motores por temporada e enquanto o quarto rende dez posições de punição, do quinto em diante esse total cai pela metade.

Engenheiro da Petrobras que atuou com Sir Frank Williams ABRE O JOGO sobre Senna e relação com brasileiros

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #149 – Frank Williams é o maior personagem da F1 fora das pistas?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Podcast #149 – Frank Williams é o maior personagem da F1 fora das pistas?
Artigo anterior

Podcast #149 – Frank Williams é o maior personagem da F1 fora das pistas?

Próximo artigo

F1 - Norris fala sobre aerodinâmica dos carros de 2022: "Diferente da porcaria que temos agora"

F1 - Norris fala sobre aerodinâmica dos carros de 2022: "Diferente da porcaria que temos agora"
Carregar comentários