F1: Mercedes ficou impressionada com vantagem contra Red Bull no Catar

Andrew Shovlin disse que Hamilton sabe o que precisa fazer para ganhar o título, e isso aumenta a confiança da equipe

F1: Mercedes ficou impressionada com vantagem contra Red Bull no Catar

O desconhecimento sobre o circuito de Losail deixava uma dúvida no ar sobre quem dominaria o GP do Catar de Fórmula 1, Mercedes ou Red Bull. No final, foi a equipe alemã quem se deu melhor, com Lewis Hamilton fazendo uma prova dominante, mas controlada para vencer. E apesar de não estar impressionada com o fato de ter superado a rival, a Mercedes diz que ficou surpresa com o tamanho da vantagem.

Na classificação do sábado, Hamilton fez a pole superando Max Verstappen por mais de quatro décimos de segundo, uma das maiores margens de pole vista no ano. No domingo, contou com a punição ao rival no grid para liderar de ponta a ponta e triunfar, reduzindo a diferença no Mundial de Pilotos para oito pontos com 52 ainda em jogo.

Leia também:

Andrew Shovlin, diretor de engenharia de pista da Mercedes, conversou com a imprensa após o GP do Catar e fez um balanço da estreia do circuito de Losail, elogiando o traçado e comentando sobre como a Mercedes se preparou para a etapa em um local desconhecido para o esporte.

"É sempre legal que a primeira coisa que você faz quando chega a uma pista é dar uma olhada ao redor, dar uma volta e ver o asfalto, coisas que você não consegue fazer com imagens. Isso te ajuda a entender como trabalhar com os pneus".

"É um circuito que funciona para os carros da F1 e é estranho que tenha levado tanto tempo para corrermos aqui. Há alguns desafios para os pneus e os carros também, já que há algumas partes agressivas".

"Um dos grandes trabalhos que tivemos na sexta era ver a correlação do simulador com a realidade, colocando tudo na janela de funcionamento correta. Mas boa parte desse trabalho pré-evento deu certo e Valtteri começou o fim de semana melhor que Lewis, mas como vocês viram no sábado, Lewis já estava ali e manteve isso pelo fim de semana".

Shovlin ressaltou ainda que, apesar de não estar surpreso com a boa performance da Mercedes, ele ficou impressionado com a diferença de ritmo vista para a Red Bull.

"A vantagem nos impressionou. Achávamos que iriamos bem aqui, mas essa é a pista, entre as três restantes, que nos deixava mais preocupados. A partir do sábado de manhã foi possível ver que Lewis tinha tudo sob controle, mas era muito difícil de prever se a margem seria de um décimo, dois, o que já é uma boa diferença, mas nunca imaginaríamos algo assim".

"Para ele, a curva um foi boa e dali seguiu. Mas ele estava focado naquele momento e podemos fazer todas as simulações, mas nada explica porque ele estava tão à frente de Max. No final, é por causa dele, focando, procurando melhor e fazendo o que precisava".

Apesar dos elogios, Shovlin acredita que essa não tenha sido a melhor exibição de Hamilton, relembrando o que o heptacampeão havia feito apenas uma semana antes, no Brasil.

"O Brasil foi o melhor que já vi dele. Corrida, classificação, aquela volta foi incrível, ainda mais quando você lembra o quão próxima a Red Bull estava. Hoje ele tinha a corrida sob controle do início ao fim, então ele não teve que trabalhar tanto quanto esperávamos".

"Mas Lewis sabe o que precisa fazer para ganhar esses campeonatos e a equipe sabe o que precisa ser feito, e estamos fazendo isso. Tê-lo no carro é uma grande injeção em nossa confiança".

RETA FINAL: Hamilton encaminha octa da F1 ao bater Verstappen no Catar?

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #146: Hamilton teve a maior exibição da carreira no Brasil?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Mercedes acredita que zebras pouco agressivas do Catar originaram problemas para o grid
Artigo anterior

F1: Mercedes acredita que zebras pouco agressivas do Catar originaram problemas para o grid

Próximo artigo

F1 - Bottas revela que pilotou carro diferente do de Hamilton no GP do Catar: "Não posso dar detalhes"

F1 - Bottas revela que pilotou carro diferente do de Hamilton no GP do Catar: "Não posso dar detalhes"
Carregar comentários