F1: Rachel Loh, engenheira e comissária da CBA, atuará no GP de Singapura

Ela foi selecionada por programa da FIA que tem por objetivo estimular diversidade no automobilismo

Rachel Loh

Selecionada entre aproximadamente 300 inscritas do mundo todo, a engenheira Rachel Loh representará a Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) na equipe técnica do GP de Singapura de Fórmula 1, que será disputado entre dos dias 30 de setembro e 2 de outubro.

Comissária técnica da CBA e membro da equipe técnica do GP de São Paulo desde 2010, Rachel foi uma das 20 profissionais escolhidas pela FIA, no programa realizado em conjunto pelas comissões “Mulheres no Automobilismo” e “Voluntários e Oficiais”.

Leia também:

O programa tem o objetivo de promover e incentivar, em âmbito mundial, a participação feminina como oficiais de competição e se destina aquelas que já atuam como comissárias técnicas, comissárias desportivas, diretoras de provas, resgate e sinalização.

A engenheira da Ipiranga Racing na Stock Car festejou por estar entre as selecionadas: “Estou muito animada em ter uma experiência com um grupo tão diversificado e por trocar conhecimentos em um dos maiores eventos de automobilismo do mundo. É uma iniciativa muito bacana da FIA e da CBA. Só o processo de seleção já me deu oportunidade de vários insights em relação à presença feminina no automobilismo”, revelou Rachel.

Ela reconhece que ainda é pequena a presença das mulheres no automobilismo, “mas só de saber que há uma comissão dentro da FIA dedicada a promover a presença feminina é muito animador. E ver a participação ativa da CBA é muito importante”, completou.

As escolhidas passarão por um curso de segurança, antes de assumirem suas posições para o fim de semana. Durante toda a estadia, serão orientadas de diversas formas.

“Esta iniciativa, que conta com a participação ativa da CBA, faz parte do compromisso da FIA de promover a diversidade e acelerar a inclusão em todos os níveis do esporte e em todo o mundo”, afirmou Giovanni Guerra, presidente da CBA.

Podcast #191 – O que primeira parte da temporada da F1 em 2022 trouxe de bom e ruim?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1 - Wolff, Horner, Binotto...Chefes de equipe: Quem são e o que fazem?
Próximo artigo Alonso: "Na F1 não há amizade como em outros esportes"

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil