F1: Toque entre Verstappen e Hamilton causa bandeira vermelha no GP da Grã-Bretanha

Líder e vice-líder do Mundial se encontraram em meio a uma batalha pela liderança na primeira volta

F1: Toque entre Verstappen e Hamilton causa bandeira vermelha no GP da Grã-Bretanha

Aquilo que muitos previam que aconteceria em 2021 se concretizou em Silverstone. O GP da Grã-Bretanha começou com uma bandeira vermelha no início da terceira volta devido a um toque entre Lewis Hamilton e Max Verstappen, que levou ao abandono do atual líder do Mundial de Fórmula 1.

Hamilton e Verstappen largaram bem e vinham protagonizando uma bela disputa nas curvas iniciais, até que os dois se encontraram no meio da pista, quebrando a suspensão da Red Bull, que atravessou a brita e bateu com força na barreira de pneus.

Leia também:

 

Andando lado a lado no primeiro setor, Hamilton tentou passar Verstappen por fora na Brooklands antes de ser espremido para fora. Na ida até a curva Copse, Hamilton tentou ir por dentro do rival.

Verstappen, por fora, manteve sua posição e, enquanto fazia a curva, sua roda traseira direita encontrou a esquerda dianteira de Hamilton.

O heptacampeão conseguiu seguir na pista, mas não capitalizou o abandono de Verstappen, mantendo a segunda posição após Charles Leclerc dar o pulo do gato, assumindo a ponta. O monegasco havia largado bem, passando Valtteri Bottas para ocupar a terceira posição.

 

Verstappen conseguiu sair do carro sozinho, mas parecia abalado com o impacto do acidente. Ele rapidamente foi atendido pela equipe média da F1 e encaminhado ao centro médio para mais avaliações.

 

Primeiro, a direção de prova acionou o safety car, mas o tamanho dos danos na barreira de pneus forçou a paralisação da prova com a bandeira vermelha no início da terceira volta, fazendo com que todos os pilotos voltassem aos boxes enquanto o conserto era realizado.

 

Rapidamente, a transmissão começou a mostrar as mensagens das equipes ao diretor de provas Michael Masi, o primeiro foi o chefe da Red Bull, Christian Horner.

"Olha Michael, essa curva, ele nunca esteve próximo. Todo piloto que já andou nesse circuito sabe que você não mete uma roda no lado de dentro da Copse. Esse foi um acidente enorme, e a curva era 100% de Max".

"Na minha visão, a culpa é total de Hamilton, que nunca deveria estar nessa posição. Graças a Deus Max saiu sem problemas. Espero que você lide com isso apropriadamente".

Já Toto Wolff, chefe da Mercedes, protagonizou um momento engraçado com Masi.

"Michael, acabei de te mandar um e-mail com diagramas de onde o carro deveria estar, você recebeu?". Com Masi respondendo: "Não Toto, não acesso meus e-mails durante a corrida".

Rico Penteado analisa carro de 2022 da Fórmula 1

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #119 - TELEMETRIA: Qual é o impacto da 'Sprint' na F1? Rico Penteado responde

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1 AO VIVO: Tensão após batida de Hamilton e Verstappen em Silverstone! Tudo sobre o GP! | PÓDIO
Artigo anterior

F1 AO VIVO: Tensão após batida de Hamilton e Verstappen em Silverstone! Tudo sobre o GP! | PÓDIO

Próximo artigo

F1: Horner detona "pilotagem suja" de Hamilton em toque com Verstappen

F1: Horner detona "pilotagem suja" de Hamilton em toque com Verstappen
Carregar comentários