F1: Verstappen diz que problemas de rádio não complicaram vitória na França

Red Bull não conseguia ouvir as mensagens do holandês nos estágios finais da corrida

F1: Verstappen diz que problemas de rádio não complicaram vitória na França

Max Verstappen disse que seus problemas de rádio com a equipe no GP da França de Fórmula 1 não complicaram sua vitória em Paul Ricard, já que ocorreram após seu pit stop final.

Verstappen executou uma estratégia agressiva de duas paradas para vencer a corrida na França neste doming (20), à frente do piloto da Mercedes e rival na busca pelo título de 2021 Lewis Hamilton, com as circunstâncias da prova se desenrolando de forma semelhante às etapas no Bahrein e na Espanha.

Leia também:

Hamilton venceu em Sakhir depois que o holandês fracassou em sua tentativa de ultrapassagem tardia e, em Barcelona, quando resolveu fazer duas paradas,​ como a Red Bull decidiu fazer neste domingo em Paul Ricard.

Mas quando Verstappen voltou à pista para completar sua terceira passagem, a escuderia austríaca não conseguia ouvir em alguns momentos as suas mensagens de rádio.

A equipe o instruiu a tentar mover o microfone embutido em seu capacete, mas isso não pareceu ter causado muito impacto quando a corrida entrou nos estágios finais.

Ao falar sobre a estratégia da Red Bull para vencer a corrida, Verstappen explicou que os problemas de rádio significavam que “mesmo se eu não concordasse com isso, eu poderia estar falando no meu rádio, mas eles nunca me entenderiam qualquer maneira!"

Ele acrescentou: “Eu não sei [qual era o problema]."

“Estava literalmente perto da minha boca. Tentei mudar e estava sempre na mesma posição das corridas anteriores. Então, eu não sei o que aconteceu. ”

Quando questionado se o problema havia dificultado seu terceiro stint, Verstappen respondeu: “Não."

“Eu simplesmente não conseguia responder a eles. Mas é claro que eles poderiam me fornecer todas as informações e isso é o mais importante - porque as paradas foram feitas."

O piloto holandês também disse que a vitória no GP da França foi “muito promissora”.

“Claramente, na corrida, com as condições no início, não foi fácil para nós,” disse.

“Mas, no final, acho que o carro começou a se recompor e estávamos muito competitivos."

“É claro que estou muito satisfeito por isso e espero que possamos continuar assim", concluiu.

F1 2021: Verstappen SUPERA Hamilton e ABRE na LIDERANÇA; as ANÁLISES do GP da França | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Qual é o tamanho do 'drama' de Bottas e Mercedes em 2021?

 

compartilhar
comentários
F1: Horner brinca que Red Bull "dará cabelos brancos" a Wolff em 2021

Artigo anterior

F1: Horner brinca que Red Bull "dará cabelos brancos" a Wolff em 2021

Próximo artigo

F1: Bottas diz que se sentiu "presa fácil" no GP da França

F1: Bottas diz que se sentiu "presa fácil" no GP da França
Carregar comentários