Relato da corrida
Fórmula 1 GP da Itália

F1: Verstappen estraga festa da Ferrari em casa e vence em Monza com final polêmico

Estratégia da Red Bull fez com que holandês fizesse uma parada a menos que Leclerc, que teve final controverso

Max Verstappen, Red Bull Racing RB18

A Fórmula 1 realizou neste domingo (11) o tradicional GP da Itália em Monza. No entanto, uma das casas da Ferrari viu um vencedor inédito, Max Verstappen, que viu sua equipe ter uma estratégia mais eficiente que a da Ferrari, que fez com que o holandês fizesse uma parada a menos que Charles Leclerc.

O monegasco teve que se conformar com a segunda posição e George Russell fechou o pódio. A corrida foi marcada pelo seu final, que foi em safety car, após Daniel Ricciardo parar na pista seis voltas antes, não dando tempo do reinício.

No final, todos receberam a bandeira quadriculada sem competir.

Leia também:

A Corrida

Leclerc largou bem e se manteve na ponta, seguido de Russell. Norris largou mal e caiu para o sétimo lugar. Vertstappen já era o terceiro colocado após completar a primeira volta.

O líder do campeonato já aparecia em segundo lugar após a abertura da quinta volta, já com o uso da asa móvel. Assim que os dois comandantes do campeonato se postaram em 1-2 na corrida, a diferença era de pouco mais de dois segundos.

Quem se destacava nas primeiras voltas era Sainz, que saiu de 18º e era o 10º após cinco giros.

O primeiro a parar foi Pérez, que colocou pneus duros na oitava volta. O mexicano tinha uma fumaça saindo da roda dianteira direita, mas seguia na corrida.

Na 12ª volta, Vettel perdia potência e parava seu carro, com o safety car virtual acionado. Sainz já era o quinto colocado naquele momento.

Leclerc aproveitou para fazer a sua parada, com a Ferrari optando por pneus médios, enquanto Verstappen assumia a ponta. O monegasco voltou em terceiro.

Com 17 voltas de prova, a FIA anunciou que Magnussen tomava 5 segundos por ter cortado a chicane e conseguido vantagem.

Na volta 24, Russell, que era o segundo colocado, fez a sua parada, com a Mercedes optando pelo composto duro, que o levaria até o final da corrida.

Verstappen realizou seu pit stop no giro 26, saindo em segundo lugar, atrás de Leclerc com a diferença pró monegasco em 10 segundos, com o líder tendo pneus médios.

Na metade da corrida, Leclerc liderava, com Verstappen, Sainz, Russell e Norris. O espanhol foi quem mais avançava, mas ainda não havia parado. Na mesma situação estava Hamilton, mas em sexto, após manobra sobre Alonso.

O espanhol da Alpine abandonava a corrida na 32ª volta.

Na 34, Leclerc fez novo pit stop, com a Ferrari apostando nos pneus macios, voltando a 19 segundos de Verstappen.

Stroll recolhia sua Aston Martin na volta 41, proporcionando o abandono duplo da equipe britânica.

Mesmo com pneus macios, Leclerc não conseguia tirar grande diferença ante Verstappen, mesmo contabilizando as voltas mais rápidas da corrida.

Na 47ª volta, Ricciardo parou seu carro entre as duas Lesmos, com o safety car sendo acionado. Mesmo ainda com seis voltas para o final, e com todos da ponta fazendo um pit stop extra, a corrida não reiniciou, dando a vitória a Max Verstappen, com Leclerc em segundo e Russell em terceiro.

A F1 voltará no dia 2 de outubro com o GP de Singapura.

Cla # Piloto Chassi Motor Voltas Tempo Diferença Intervalo Pits Abandono Pontos
1 1 Netherlands Max Verstappen Red Bull Red Bull 53 1:20'27.511     2   25
2 16 Monaco Charles Leclerc Ferrari Ferrari 53 1:20'29.957 2.446 2.446 3   18
3 63 United Kingdom George Russell Mercedes Mercedes 53 1:20'30.916 3.405 0.959 2   15
4 55 Spain Carlos Sainz Jr. Ferrari Ferrari 53 1:20'32.572 5.061 1.656 2   12
5 44 United Kingdom Lewis Hamilton Mercedes Mercedes 53 1:20'32.891 5.380 0.319 1   10
6 11 Mexico Sergio Perez Red Bull Red Bull 53 1:20'33.602 6.091 0.711 2   9
7 4 United Kingdom Lando Norris McLaren Mercedes 53 1:20'33.718 6.207 0.116 2   6
8 10 France Pierre Gasly AlphaTauri Red Bull 53 1:20'33.907 6.396 0.189 1   4
9 45 Netherlands Nyck de Vries Williams Mercedes 53 1:20'34.633 7.122 0.726 1   2
10 24 China Guan Yu Zhou Alfa Romeo Ferrari 53 1:20'35.421 7.910 0.788 1   1
11 31 France Esteban Ocon Alpine Renault 53 1:20'35.834 8.323 0.413 1    
12 47 Germany Mick Schumacher Haas Ferrari 53 1:20'36.060 8.549 0.226 1    
13 77 Finland Valtteri Bottas Alfa Romeo Ferrari 52 1 lap     1    
14 22 Japan Yuki Tsunoda AlphaTauri Red Bull 52 1 lap     2    
15 6 Canada Nicholas Latifi Williams Mercedes 52 1 lap     2    
16 20 Denmark Kevin Magnussen Haas Ferrari 52 1 lap     2    
  3 Australia Daniel Ricciardo McLaren Mercedes 45       1 Unidade de Potência  
  18 Canada Lance Stroll Aston Martin Mercedes 39       2 Freios  
  14 Spain Fernando Alonso Alpine Renault 31       1 Overheating  
  5 Germany Sebastian Vettel Aston Martin Mercedes 10         Unidade de Potência  

PODCAST #194 - Qual será o futuro de Felipe Drugovich?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: FIA não deve dar superlicença a Herta. Isso beneficia Drugovich?
Próximo artigo F1: Após vitória em Monza, Verstappen pode ser bi em Singapura; veja tabela

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil