Fórmula 1 GP do Canadá

F1: Verstappen supera mau tempo e Norris para vencer GP do Canadá

Corrida contou com dois períodos de safety car, com chuva também sendo um fator

Max Verstappen, Red Bull Racing RB20

A Fórmula 1 realizou a nona etapa da temporada, com o GP do Canadá. Em uma prova com a chuva sendo protagonista, indo e voltando, Max Verstappen prevaleceu sobre a McLaren de Lando Norris, além de George Russell, da Mercedes.

Esta foi a 60ª vitória do atual tricampeão mundial da F1. Lewis Hamilton, que brigou pelo pódio até o fim, foi o quarto colocado.

Leia também:

A Corrida

Com a pista bastante molhada, a largada foi tranquila, com Russell se mantendo na frente de Verstappen. A dupla da Haas, que foi a única a começar de pneus para pista molhada, enquanto o resto do grid optou por intermediários, avançou. Magnussen era o quarto colocado ao final da terceira volta.

Na sexta volta, Sargeant passou reto na curva 6, mas voltou. Ao mesmo tempo, os intermediários começaram a mostrar melhor rendimento.

No oitavo giro, Magnussen teve que fazer seu pit stop e caiu para o 12º posto, contando também com uma parada lenta da Haas.

A direção de prova puniu Ricciardo em cinco segundos, por queima de largada.

Aos poucos, Verstappen se aproximava de Russell pela liderança, mas na volta 17 o holandês errou na curva 1 e deixou Norris se aproximar. Para piorar para o holandês, o DRS foi autorizado.

Na 20ª volta, Norris manobrou sobre Verstappen e conseguiu a segunda posição.

No giro seguinte, o piloto da McLaren fez o mesmo sobre Russell e assumiu a liderança. O representante da Mercedes ainda errou na chicane e cedeu o segundo posto a Verstappen.

Na volta 25, Sargeant bateu e fez com que o safety car fosse acionado.

Apenas Norris não entrou para fazer seu pit stop e quando a McLaren decidiu fazer, na volta seguinte, isso fez com que Verstappen assumisse a liderança, mesmo sob safety car.

Todos que pararam optaram pelos intermediários, já que havia a previsão de retorno da chuva. Exceto a Ferrari de Leclerc, que calçou pneus duros.

O reinício aconteceu com 30 voltas, om Verstappen na liderança, seguido por Russell, Norris, Piastri e Hamilton.

Na metade da prova, o top 5 permanecia o mesmo, com a chuva caindo de maneira fraca. A Ferrari voltou Leclerc aos pits para intermediários.

Na 40ª volta, o DRS foi permitido novamente.  E Gasly foi o primeiro a tentar pneus slick, com a Alpine optando pelo composto duro.

Leclerc foi chamado para abandonar a corrida na 43ª volta, após sofrer com o desempenho de sua Ferrari durante todo o fim de semana.

Na volta 44, Hamilton calçou novos pneus, com médios, sendo o primeiro entre os ponteiros.  No giro seguinte foi a vez de Piastri. Verstappen e Russell fizeram o mesmo na sequência, com Norris sendo o último a ir para os slicks.

O inglês da McLaren saiu na segunda posição, com Russell colado nele. Pouco antes da abertura da 50ª volta, o piloto da Mercedes manoborou para a segunda colocação.

Mas Russell errou na volta seguinte e perdeu a posição.

Na volta 54, Pérez abandonava após bater e Albon também se tocava com Sainz, trazendo o safety car, já que o anglo-tailandês ficou parado na pista.

As imagens mostraram posteriormente que o espanhol da Ferrari rodou e coletou Albon na sequência.

A relargada ocorreu na volta 59, com Verstappen permancendo à frente. Russell apertava Piastri pela terceira posição, mas como o australiano também podia abrir asa, as posições não foram mudadas.

Na volta 64, Russell tentou novamente, mas acabou se perdendo na área de escape e na volta Hamilton tomou o seu lugar.

O heptacampeão superou Piastri pelo terceiro lugar a quatro giros para o final. Russell também manobrou na sequência sobre o australiano.

Tsunoda rodou na chicane e quase causa um grande acidente a três para o final.

No penúltimo giro, Russell recuperou o terceiro lugar, após superar Hamilton.

Verstappen recebeu a bandeira quadriculada a quase quatro segundos sobre Norris, sua 60ª vitória.

A F1 volta em duas semanas, com o GP da Espanha.

  
1
 - 
2
  
CLA PILOTO # VOLTAS TEMPO INTERVALO KM/H PITS PONTOS
1 M. VerstappenRED BULL RACING 1 70

-

    2 25
2 L. NorrisMCLAREN 4 70

+3.879

3.879

3.879   2 18
3 G. RussellMERCEDES 63 70

+4.317

4.317

0.438   3 15
4 L. HamiltonMERCEDES 44 70

+4.915

4.915

0.598   3 13
5 O. PiastriMCLAREN 81 70

+10.199

10.199

5.284   2 10
6 F. AlonsoASTON MARTIN RACING 14 70

+17.510

17.510

7.311   2 8
7 L. StrollASTON MARTIN RACING 18 70

+23.625

23.625

6.115   2 6
8 D. RicciardoRB 3 70

+28.672

28.672

5.047   2 4
9 P. GaslyALPINE 10 70

+30.021

30.021

1.349   2 2
10 E. OconALPINE 31 70

+30.313

30.313

0.292   1 1
11 N. HulkenbergHAAS F1 TEAM 27 70

+30.824

30.824

0.511   3  
12 K. MagnussenHAAS F1 TEAM 20 70

+31.253

31.253

0.429   4  
13 V. BottasSAUBER 77 70

+40.487

40.487

9.234   1  
14 Y. TsunodaRB 22 70

+52.694

52.694

12.207   1  
15 G. ZhouSAUBER 24 69

1 lap

    3  
dnf C. Sainz Jr.FERRARI 55 52

 

    3  
dnf A. AlbonWILLIAMS 23 52

 

    2  
dnf S. PerezRED BULL RACING 11 51

 

    3  
dnf C. LeclercFERRARI 16 40

 

    4  
dnf L. SargeantWILLIAMS 2 23

 

F1 AO VIVO: TUDO SOBRE O GP DO CANADÁ

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Podcast Motorsport.com debate: Como demissão de Ocon impacta no mercado da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior PÓDIO: Caos no Canadá, duplo DNF da Ferrari e mais; veja debate

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil