Fórmula 1 GP da Arábia Saudita

F1- Wolff fala sobre permanência de Hamilton na Mercedes: "Se não pudermos dar o carro, ele precisa procurar em outros lugares"

Chefe do time de Brackley falou sobre 'fico' do heptacampeão a longo prazo

Toto Wolff, Team Principal and CEO, Mercedes-AMG

A situação na Mercedes parece estar cada vez mais complicada. Além da crise na pista, declarações de Lewis Hamilton e Toto Wolff, chefe da equipe, vem chamando atenção do mundo da Fórmula 1. A fala mais recente aconteceu nesta sexta-feira, após o segundo treino livre na Arábia Saudita, onde Wolff falou do futuro do heptacampeão no time de Brackley.

Leia também:

Em entrevista à BBC, Toto disparou: "Se ele quer ganhar outro campeonato, ele precisa ter certeza de que tem o carro. Se não pudermos demonstrar que podemos dar [o carro a ele] nos próximos anos, ele precisa procurar em outros os lugares. "

Logo em seguida, o chefe tentou dar uma amenizada na situação dizendo que a renovação de contrato com o britânico já estava quase decidida e que não acredita que Hamilton está procurando outros ares neste momento. Vale lembrar que o atual contrato de Hamilton termina no fim de 2023.

"Não acho que ele esteja fazendo isso neste estágio. Mas não vou reclamar se isso acontecer em um ano ou dois." "Estamos falando sobre quando queremos fazer isso e como", disse Toto sobre o novo vínculo. "Só precisamos mudar alguns termos - basicamente as datas."

Relembre a crise

Logo após a corrida no Bahrein, Lewis Hamilton disparou no podcast da BBC que a equipe não o ouvia, tanto em relação aos problemas do W13 quanto a manutenção do conceito para o carro que foi construído para a temporada 2023.

"Já contei no ano passado sobre os problemas que o carro tinha. Já pilotei muitos carros de F1 na minha vida, então sei muito bem o que um carro precisa e o que não precisa. Acho que é sobre assumir a responsabilidade, sobre eles admitirem o que está acontecendo e dizerem 'sim, quer saber, não ouvimos você, não estamos onde deveríamos estar e temos que continuar trabalhando."

Após essa declaração, Toto Wolff veio a público e reafirmou que toda a equipe estava unida, trabalhando na 'mesma página'. Para comprovar, no último sábado, o esquadrão postou uma carta aberta aos fãs falando sobre as dificuldades no início da temporada e reforçando a união de todos.

Nesta semana, na coletiva de imprensa, o heptacampeão voltou atrás no tom e disse que não tinha usado a melhor escolhas de palavras para dizer que nem sempre concordava com as posições e decisões de alguns membros da equipe. 

AO VIVO - VERSTAPPEN forte e ALONSO surpreende com ASTON MARTIN: Tudo sobre a sexta-feira da F1 em JEDDAH

Prenúncio de APOSENTADORIA? CRISE na Mercedes F1 precede FIM DA LINHA entre Hamilton e Wolff? DEBATE

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #221 - Crise na Mercedes pode significar fim da linha para Hamilton?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Crise na AlphaTauri? Tost diz não confiar mais nos engenheiros da equipe
Próximo artigo F1: O que a sexta-feira diz sobre Red Bull x Aston Martin antes do sábado na Arábia Saudita?

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil