Fórmula 1 GP de São Paulo

F1 - Wolff não descarta assinar Mick como reserva em 2023: "O lugar da família Schumacher é na Mercedes"

Mas chefe da Mercedes disse que o objetivo de Mick segue sendo a vaga da Haas, defendendo que alemão merece seguir no grid

Mick Schumacher, Haas F1 Team

O destino de Mick Schumacher na Fórmula 1 segue em aberto. A Haas disse que espera anunciar a identidade de seu segundo piloto para 2023 nesta semana, mas também afirmou não ter pressa. E caso o alemão perca a disputa, ele pode ter um lugar para se manter próximo à F1: a Mercedes.

Mick disputa com Nico Hulkenberg a segunda vaga da Haas, mas seu caso parece bastante afetado no momento, com o alemão entregando resultados ruins frente aos de Kevin Magnussen, além de um acúmulo de acidentes custosos para a equipe americana.

Leia também:

Neste fim de semana, em Interlagos, a situação parece ter piorado ainda mais para Mick após a classificação da sexta-feira, quando Magnussen fez a pole position, a primeira da história da equipe e de sua carreira, enquanto Schumacher foi o último colocado.

Com a vaga da Haas sendo a única ainda em jogo para 2023, caso ele não siga na equipe, seu único caminho seria encontrar um espaço como reserva no grid. E esse caminho pode ser a Mercedes, com Toto Wolff, chefe da equipe alemã, rasgando elogios ao piloto.

Em coletiva com jornalistas alemães após o GP de São Paulo, Wolff não descartou a possibilidade de contratar Schumacher como reserva no próximo ano, "caso a oportunidade se concretize".

"Não sei qual é o status de Mick na Haas. Acho que o mais importante para ele é conseguir uma vaga para 2023. Mas não é segredo para ninguém que, pra mim, a lugar da família Schumacher é na Mercedes, que valorizamos muito Mick como personalidade e como piloto de corrida".

"É por isso que definitivamente iremos discutir essa opção caso ela se concretize. Mas a primeira prioridade para ele tem que ser conseguir uma vaga, porque é o que ele pode fazer e merece".

A Mercedes busca um piloto reserva para 2023, já que seus dois atuais, Nyck de Vries e Stoffel Vandoorne, seguirão outros caminhos. O holandês assinou com a AlphaTauri para o próximo ano, enquanto o belga continuará correndo na Fórmula E mas, com a saída da Mercedes, ele passará a ser piloto da Maserati.

Um nome que foi seriamente considerado pela Mercedes foi Daniel Ricciardo, mas o australiano está próximo de retornar à Red Bull como piloto reserva no próximo ano.

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate 'valor real' do GP no Brasil para a F1; ouça já

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Verstappen sobe o tom contra Hamilton após deboche do rival por toque em Interlagos
Próximo artigo F1 - Horner nega que Verstappen se sente maior que Red Bull: "Trabalhamos como equipe"

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil