Falha de Hamilton impede Mercedes de igualar McLaren em 1988

Red Bull conquista primeira dobradinha em quase três anos, e Ricciardo continua escrita curiosa em vitórias

Falha de Hamilton impede Mercedes de igualar McLaren em 1988
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 retired from the race with a blown engine
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid retired from the race with a blown engine
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid retired from the race with a blown engine
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
(L to R): Max Verstappen, Red Bull Racing on the podium with team mate Daniel Ricciardo, Red Bull Racing and Mark Webber, Porsche Team WEC Driver / Channel 4 Presenter
Race winner Daniel Ricciardo, Red Bull Racing celebrates on the podium

A 16 voltas do fim, o GP da Malásia do último domingo teve uma grande reviravolta. Com uma confortável liderança, Lewis Hamilton acabou tendo problemas em seu motor Mercedes e teve de abandonar a corrida.

Mas mais que os 25 pontos que dariam a liderança do campeonato para Hamilton, a Mercedes não pôde comemorar o título de construtores na Malásia e ainda perdeu um recorde bastante expressivo na história da Fórmula 1. A equipe alemã desperdiçou a oportunidade de igualar a maior sequência de vitórias de uma escuderia na história da F1, contabilizada pela McLaren em 1988.

Tendo Ayrton Senna e Alain Prost como pilotos, o time britânico venceu as primeiras 11 provas daquele ano. Hamilton venceria a 11ª seguida para a Mercedes em Sepang, mas teve de abandonar. O fato curioso é que esta é a segunda vez neste ano que o time perde a oportunidade de igualar este recorde. Com o acidente entre Hamilton e Rosberg na Espanha no início de 2016, a Mercedes também encerrou uma série de dez vitórias consecutivas.

Já a Red Bull teve motivos de sobra para comemorar. Com a vitória de Daniel Ricciardo e o segundo lugar de Max Verstappen, pela primeira vez desde o GP do Brasil de 2013 a equipe conquistou uma dobradinha na Fórmula 1. Na ocasião, foi com Sebastian Vettel e Mark Webber.

O time se tornou apenas o segundo a conquistar primeiro e segundo no mesmo GP nesta era híbrida da F1 (desde 2014). O outro, obviamente, é a Mercedes. A última dobradinha da Red Bull foi com motores V8 aspirados.

Bom nas classificações, Daniel Ricciardo tem uma escrita interessante em suas quatro vitórias conquistadas até hoje na F1. Jamais ele venceu uma prova saindo do top-3 do grid de largada. O piloto saiu de quarto neste domingo em Sepang.

compartilhar
comentários
Wolff diz que punição a Rosberg foi "um completo absurdo"
Artigo anterior

Wolff diz que punição a Rosberg foi "um completo absurdo"

Próximo artigo

Ricciardo dedica vitória na Malásia a Jules Bianchi

Ricciardo dedica vitória na Malásia a Jules Bianchi
Carregar comentários