Últimas notícias
Fórmula 1 GP do Japão

Falha na sinalização altera o resultado final do GP do Japão de F1

Trapalhada com a sinalização da bandeira quadriculada fez o resultado da prova ser alterado depois da corrida

Cars of Race winner Valtteri Bottas, Mercedes AMG W10 and Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W10 in Parc Ferme

Uma falha fez os painéis eletrônicos de Suzuka darem a corrida do GP do Japão de Fórmula 1 por encerrada uma volta antes do previsto. Por conta disso, a ordem da classificação final foi alterada, pois mesmo com a bandeira quadriculada sendo exibida no momento correto, o regulamento prevê que a primeira sinalização, mesmo que eletrônica, é a que vale.

Leia também:

Após o fim da prova, a direção de prova identificou a falha que fez com que o painel de luzes da bandeira quadriculada fosse acionado ao final da penúltima volta. Com isso, algumas posições foram alteradas em relação à classificação provisória, uma vez que o regulamento da F1 é rigoroso quanto ao uso da bandeira quadriculada.

O artigo 43.2 do regulamentos esportivo da F1 declara: "Se por qualquer motivo, o sinal de fim de corrida for dado antes do carro líder completar o número de voltas programadas ou o tempo limite seja concluído, a corrida será considerada encerrada quando o carro líder cruzar a linha de chegada pela última vez antes do sinal ser dado"

Portanto, embora o problema não tenha interferido no resultado dos ponteiros, Sergio Perez que havia abandonado a corrida na última volta, manteve a nona posição em que estava na passagem anterior, causando um efeito em cascata em todo o restante do grid.

Punição a Leclerc altera classificação mais uma vez:

Depois da corrida, Charles Leclerc foi punido em 15 segundos por ter sido considerado culpado no acidente entre ele e Max Verstappen. Além disso, a penalidade levou em conta a demora da Ferrari em chamar o piloto aos boxes para reparar as partes danificadas do carro, o que, segundo os comissários, criou riscos de segurança para os demais pilotos por conta das peças que se soltaram do veículo.

Assim, Leclerc perdeu a sexta posição para Daniel Ricciardo, da Renault, e terminou a prova oficialmente no sétimo posto.

Quer ver Fórmula 2, Fórmula 3, Indy e Superbike de graça? Inscreva-se no DAZN e tenha acesso grátis por 30 dias a uma série de eventos esportivos. Cadastre-se agora clicando aqui.

Veja como ficou a classificação final do GP do Japão de F1:

1 - Valtteri Bottas, Mercedes AMG W10
2 - Sebastian Vettel, Ferrari SF90
3 - Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W10
4 - Alex Albon, Red Bull RB15
5 - Carlos Sainz Jr., McLaren MCL34
6 - Daniel Ricciardo, Renault F1 Team R.S.19
7 - Charles Leclerc, Ferrari SF90,
8 - Pierre Gasly, Toro Rosso STR14
9 - Sergio Perez, Racing Point RP19
10 - Nico Hulkenberg, Renault F1 Team R.S. 19
11 - Lance Stroll, Racing Point RP19
12 - Daniil Kvyat, Toro Rosso STR14
13 - Lando Norris, McLaren MCL34
14 - Kimi Raikkonen, Alfa Romeo Racing C38
15 - Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-19
16 - Antonio Giovinazzi, Alfa Romeo Racing C38
17 - Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-19
18 - George Russell, Williams Racing FW42
19 - Robert Kubica, Williams FW42
20 - Max Verstappen, Red Bull Racing RB15
20

Siga o Motorsport.com Brasil no Twitter, Facebook, Instagram e Youtube.

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Mercedes vence sexto título consecutivo e iguala dinastia da Ferrari
Próximo artigo Vettel queima largada, mas escapa de punição no GP do Japão de F1

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil