Últimas notícias
Fórmula 1 GP do Japão

Vettel queima largada, mas escapa de punição no GP do Japão de F1

De acordo com direção de prova, movimento do piloto da Ferrari estava dentro do limite de tolerância do regulamento da F1

Sebastian Vettel, Ferrari

O carro de Vettel, que partiu da pole no GP de Fórmula 1, realizou um leve movimento antes que as luzes de largada se apagassem, algo considerado irregular e que levou a uma investigação dos comissários da FIA. No entanto, os fiscais decidiram não punir o alemão por considerar que o movimento estava dentro dos limites.

Leia também:

No GP da Rússia, o piloto da Alfa Romeo, Kimi Raikkonen, recebeu uma penalidade em circunstâncias semelhantes. No entanto, Vettel aparentemente evitou sair da área demarcada e parou o carro novamente a tempo do início oficial da corrida, ficando livre de penalidades.

Um documento foi divulgado após a corrida em que o motivo da decisão era justificado: “Os comissários revisaram as evidências em vídeo e os dados de partida com base nas informações do transponder instalado em cada carro, que é aprovado e fornecido pela FIA”.

“Enquanto o vídeo mostra algum movimento [do carro de Vettel, esse movimento estava dentro da tolerância aceitável do sistema de partida rápida da F1".

Erro custa caro ao alemão

Após cometer erro, Vettel foi superado por Bottas na largada

Após cometer erro, Vettel foi superado por Bottas na largada

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

Embora tenha evitado uma penalidade, a movimentação de Vettel comprometeu sua largada, permitindo que ele fosse ultrapassado pela Mercedes de Valtteri Bottas, que venceu a corrida.

O piloto da Ferrari, que terminou em segundo depois de segurar com sucesso os ataques de Lewis Hamilton no fim da corrida, confessou o erro após a corrida.

"As luzes estavam acesas há muito tempo, mas o erro foi meu, e eu acabei perdendo o ímpeto", disse Vettel. "Terminei com um resultado pior do que apenas uma largada ruim, foi uma partida muito ruim"

Perguntado se achava poderia ter ganho se não tivesse cometido o erro inicial, Vettel disse: "Não sei porque de qualquer forma eles [Mercedes] podem jogar muito com a estratégia”.

"Com nossa falta de ritmo hoje, o segundo lugar foi o máximo, mas com certeza não estou feliz com o começo da corrida", finalizou o tetracampeão.

Quer ver Fórmula 2, Fórmula 3, Indy e Superbike de graça? Inscreva-se no DAZN e tenha acesso grátis por 30 dias a uma série de eventos esportivos. Cadastre-se agora clicando aqui.

Veja o resultado final do GP do Japão de F1:

1 - Valtteri Bottas, Mercedes AMG W10
2 - Sebastian Vettel, Ferrari SF90
3 - Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W10
4 - Alex Albon, Red Bull RB15
5 - Carlos Sainz Jr., McLaren MCL34
6 - Daniel Ricciardo, Renault F1 Team R.S.19
7 - Charles Leclerc, Ferrari SF90,
8 - Pierre Gasly, Toro Rosso STR14
9 - Sergio Perez, Racing Point RP19
10 - Nico Hulkenberg, Renault F1 Team R.S. 19
11 - Lance Stroll, Racing Point RP19
12 - Daniil Kvyat, Toro Rosso STR14
13 - Lando Norris, McLaren MCL34
14 - Kimi Raikkonen, Alfa Romeo Racing C38
15 - Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-19
16 - Antonio Giovinazzi, Alfa Romeo Racing C38
17 - Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-19
18 - George Russell, Williams Racing FW42
19 - Robert Kubica, Williams FW42
20 - Max Verstappen, Red Bull Racing RB15
20

Siga o Motorsport.com Brasil no Twitter, Facebook, Instagram e Youtube.

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Falha na sinalização altera o resultado final do GP do Japão de F1
Próximo artigo GP do Japão: Leclerc recebe punição dupla por acidente na largada

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil