Fórmula 1
27 jun
-
30 jun
Evento encerrado
11 jul
-
14 jul
Evento encerrado
25 jul
-
28 jul
Evento encerrado
01 ago
-
04 ago
Evento encerrado
R
GP da Bélgica
29 ago
-
01 set
Próximo evento em
3 dias
05 set
-
08 set
Próximo evento em
10 dias
R
GP de Singapura
19 set
-
22 set
26 set
-
29 set
Próximo evento em
31 dias
10 out
-
13 out
Próximo evento em
45 dias
24 out
-
27 out
Próximo evento em
59 dias
31 out
-
03 nov
Próximo evento em
66 dias
14 nov
-
17 nov
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
94 dias

Ferrari: Alfa tem que adotar atualizações eletrônicas para evitar problemas

compartilhar
comentários
Ferrari: Alfa tem que adotar atualizações eletrônicas para evitar problemas
Por:
19 de abr de 2019 14:59

Chefe da equipe de Maranello disse que a cliente precisa implementar nova especificação para evitar problemas de Leclerc e Giovinazzi

A Ferrari espera que a Alfa Romeo instale atualizações eletrônicas o mais rápido possível para evitar os problemas que atingiram Charles Leclerc e Antonio Giovinazzi nas últimas duas corridas da Fórmula 1. “Eles acharam muito complicado e arriscado fazer a mudança na China, mas Antonio teve um problema, então espero que a atualização seja feita logo", comentou o chefe da Ferrari, Mattia Binotto.

"Nós mudamos porque o carro de Charles falhou no Bahrein. Também alteramos o carro de Vettel por precaução e pedimos às nossas equipes clientes para fazer as atualizações”, completou o dirigente.

Leia também:


Leclerc perdeu uma vitória certa no GP do Bahrein quando um curto-circuito em uma unidade de controle do sistema de injeção fez seu motor perder um cilindro. Em resposta à falha, a Ferrari instalou uma especificação eletrônica diferente para a prova chinesa no final de semana passado. A Haas, outra equipe que tem unidades de potência fornecidas pelo time de Maranello, já implementou a novidade.

No entanto, a Alfa Romeo não fez a atualização e Giovinazzi perdeu a sessão de classificação em Xangai depois de sofrer o mesmo problema de Leclerc. Na corrida, o italiano recebeu outra unidade da peça antiga e terminou em 15º.

Chefe de equipe da Alfa, Frederic Vasseur assumiu a responsabilidade pela decisão de não mudar a eletrônica para a China. Ele admitiu a preocupação com uma eventual quebra, dizendo que estava torcendo para que Kimi Raikkonen não tivesse problemas. O finlandês terminou em nono.

Kimi Raikkonen, Alfa Romeo Racing, on the grid

Kimi Raikkonen, Alfa Romeo Racing, on the grid

Photo by: Glenn Dunbar / LAT Images

Próximo artigo
Chefe da Red Bull nega ter suspeitado de combustível da Ferrari

Artigo anterior

Chefe da Red Bull nega ter suspeitado de combustível da Ferrari

Próximo artigo

Giaffone vive maratona entre pista e cabine de transmissão em estreia na TV Globo

Giaffone vive maratona entre pista e cabine de transmissão em estreia na TV Globo
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Ferrari Compre Agora , Alfa Romeo
Autor Scott Mitchell