FIA abre oficialmente processo para entrada de novas equipes na Fórmula 1

Anúncio é o passo seguinte à declaração do presidente Mohammed ben Sulayem, feita no início de 2023

FIA flag

A Federação Internacional de Automobilismo deu início oficial ao processo para a entrada de novas equipes no grid da Fórmula 1 nos próximos anos, com "uma ou mais" vagas abertas.

Após o comunicado do presidente da FIA, Mohammed ben Sulayem, no início de 2023, sobre o interesse em iniciar o processo, os documentos foram formalmente publicados para que as partes interessadas demonstrem seu interesse em integrar a categoria.

Leia também:

Em um comunicado, a FIA disse que avaliaria o potencial de novas equipes baseada em "rigorosa análise técnica e financeira" além de "critérios de impactos social positivo e sustentabilidade".

A FIA explicou que cada candidato terá que provar sua capacidade técnica e recursos, inclusive financiamento, além de experiência relevante. Além disso, os candidatos terão que responder como que lidariam com os fatores de sustentabilidade, com a F1 buscando neutralizar as emissões de carbono até 2030.

Falando sobre o lançamento do novo processo, Sulayem disse: "O crescimento e o apelo do Mundial de Fórmula 1 está em níveis sem precedentes. A FIA acredita que as condições são ideais para partes interessadas, desde que cumpram o critério de seleção, para expressarem um interesse formal de entrada no campeonato".

"Pela primeira vez na história, como parte das condições de seleção, estamos exigindo que os candidatos descrevam como que cumprirão os objetivos de sustentabilidade da FIA e como eles criariam um impacto social positivo através do esporte".

"O processo é uma extensão lógica da aceitação positiva do Regulamento de Unidades de Potência da FIA para a Fórmula 1 2026, que atraiu a Audi para a categoria, além de criar interesse de outras potenciais entradas".

O comunicado de Sulayem, feito no começo do ano, sugerindo que novas entradas seriam consideradas, levou ao anúncio público da parceria da Andretti Global com a Cadillac. Mas enquanto as ambições do time americano repercutiram positivamente com a FIA, a proposta não conquistou ainda as equipes ou a Liberty Media.

As equipes atuais e a FOM querem entender melhor os benefícios que uma nova entrada traria para elas próprias e a F1. Isso é particularmente importante para os dez times atuais, que correm o risco de verem suas receitas diluídas com a chegada de uma 11ª ou 12ª equipes.

O novo chefe da Williams, James Vowles, disse no mês passado que é chave para qualquer nova entrada ter uma motivação pura pelo crescimento do esporte, sem desestabilizar o status quo atual.

"Sempre estamos abertos ao crescimento do esporte, mas a verdade é que o esporte precisa se tornar cada vez mais bem sucedido financeiramente", disse. "Quem se juntar a esse ambiente precisa efetivamente trazer o crescimento necessário para deixar a todos em uma posição melhor, ou pelo menos manter o mesmo status".

"E acho que esse é o ponto, desde o começo. Há boas coisas vindas da Andretti e da Cadillac. Mas é uma questão de termos uma boa compreensão de como o esporte crescerá, de qual forma e qual será esse crescimento".

Qualquer decisão sobre novas equipes no grid precisa ser aprovada em conjunto pela FIA e a FOM. Falando recentemente com o Motorsport.com no Rally Monte-Carlo, Sulayem disse que, até o momento, a Andretti é a única organização a manifestar interesse.

Como NASCE um carro da F1? RICO PENTEADO explica e revela detalhes sobre TÚNEL DE VENTO e CFD; veja

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #215 - Novo chefe da Ferrari erra ou acerta nos primeiros atos?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Castroneves brinca com joias de Hamilton: “Conquistei as minhas, ele comprou"
Próximo artigo F1: Diretor da Mercedes questiona impacto positivo do novo regulamento nas corridas

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil