Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
58 dias
06 mai
Próximo evento em
100 dias
20 mai
Próximo evento em
114 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
128 dias
10 jun
Próximo evento em
135 dias
24 jun
Próximo evento em
149 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
156 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
170 dias
29 jul
Próximo evento em
184 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
212 dias
02 set
Próximo evento em
219 dias
09 set
Próximo evento em
226 dias
23 set
Próximo evento em
240 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
247 dias
07 out
Próximo evento em
254 dias
21 out
Próximo evento em
268 dias
28 out
Próximo evento em
275 dias
05 nov
Próximo evento em
283 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
296 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
311 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
320 dias

FIA anuncia alterações nos pontos da superlicença para Fórmula 1

compartilhar
comentários
FIA anuncia alterações nos pontos da superlicença para Fórmula 1
Por:

Motorsport.com explica o que mudou nos parâmetros de obtenção do documento que 'leva' pilotos à categoria máxima

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) anunciou nesta sexta-feira que promoverá mudanças no sistema de pontuação da superlicença, o documento que permite que um piloto corra na Fórmula 1.

O órgão regulador do automobilismo mundial confirmou que o período para o acúmulo de pontos aumentou de três para quatro anos. A medida vem por causa da situação global causada pela pandemia do novo coronavírus.

O editor recomenda:

A alteração foi aprovada durante uma reunião do Conselho Mundial do Esporte a Motor. Antes da mudanças, os competidores precisavam juntar 40 pontos de superlicença em três anos para se tornarem elegíveis a pilotar na F1.

Entretanto, como a pandemia provocou grandes efeitos negativos no automobilismo de base, com categorias cancelando temporadas ou com significativas mudanças de calendário, o padrão foi alterado.

“Por conta da atual situação global, a janela em que os pilotos podem marcar pontos da superlicença foi aumentada de três para quatro anos. O maior número de pontos acumulados em três anos ou em período de quatro que inclui 2020 será considerado”, comunicou a FIA.

O órgão ainda confirmou que vai abrir discussões para conceder superlicença a pilotos que não alcançaram os 40 pontos "devido a circunstâncias fora de seu controle ou motivos de força maior". Eles precisam somar o mínimo de 30 pontos e mostrar “excelente capacidade de pilotagem em monopostos” para entrarem na análise do novo regulamento, que abre uma brecha para subjetividade.

A FIA manteve a exigência de 'apenas' 25 pontos para participar de um fim de semana de GP de F1. Foram os casos de Mick Schumacher e Callum Ilott, que participariam do primeiro treino livre para o GP de Eifel, em Nürburgring, antes do cancelamento da sessão na Alemanha.

Todas as notícias sobre o GP de Eifel da F1 você acompanha no site do Motorsport.com e em nosso canal no YouTube. Fique por dentro de todas as novidades e análises e confira nossos programas e vídeos!

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre F1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Neblina cancela TLs, Ferrari se frustra e Merc dá não à RBR; veja isso e anúncio especial

PODCAST: A F1 perde força com a saída da Honda?

 

.

Análise técnica: como os carros dominantes de Schumacher e Hamilton se comparam

Artigo anterior

Análise técnica: como os carros dominantes de Schumacher e Hamilton se comparam

Próximo artigo

Mercedes decide confinar Hamilton e Bottas após casos de Covid-19 na equipe

Mercedes decide confinar Hamilton e Bottas após casos de Covid-19 na equipe
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Redação Motorsport.com