Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
61 dias
06 mai
Próximo evento em
103 dias
20 mai
Próximo evento em
117 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
131 dias
10 jun
Próximo evento em
138 dias
24 jun
Próximo evento em
152 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
159 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
173 dias
29 jul
Próximo evento em
187 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
215 dias
02 set
Próximo evento em
222 dias
09 set
Próximo evento em
229 dias
23 set
Próximo evento em
243 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
250 dias
07 out
Próximo evento em
257 dias
21 out
Próximo evento em
271 dias
28 out
Próximo evento em
278 dias
05 nov
Próximo evento em
286 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
299 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
314 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
323 dias

Force India critica FIA por punição branda a Hulkenberg

compartilhar
comentários
Force India critica FIA por punição branda a Hulkenberg
Por:
Traduzido por: Gabriel Lima

Diretor de operações de time indiano diz que punição dada por comissários por ultrapassagem ilegal foi inconsistente

A equipe Force India não ficou nada satisfeita com a ultrapassagem de Nico Hulkenberg sobre Sergio Perez, cortando uma das curvas do circuito de Yas Marina no início do GP de Abu Dhabi deste domingo (26).

Após perder a posição para Perez na largada, o alemão o passou e acabou conseguindo abrir grande vantagem na pista, o que anulou a penalização de cinco segundos no pit stop que recebeu.

Perez reclamou várias vezes no rádio que Hulkenberg devia ter devolvido a posição imediatamente, e sua equipe concordou que a penalização não foi suficientemente severa.

"Hulkenberg deveria ter dado o lugar de volta, assim como quando ele fez quando fez o mesmo com Romain Grosjean mais tarde na corrida", disse o chefe de operações da Force India, Otmar Szafnauer, à Sky Sports.

"Isso faz este esporte ter muita inconsistência.”

"Nesta pista, é uma corrida de posição, e nós sabíamos que eles (Renault) eram um pouco mais rápidos do que nós no início com os ultramacios, e é por isso que precisávamos avançar e ficar à frente.”

"Hulkenberg corta uma curva, a FIA não fez nada sobre isso e adivinhe? Eles ganham uma posição no campeonato de construtores, o que significa mais dinheiro e mais competitividade no próximo ano.”

"Eu não sei o que (os comissários) estavam pensando. A inconsistência não é ótima."

A Renault sentiu que a punição para Hulkenberg foi justa, com o alemão acreditando que foi forçado a sair da pista.

"É sempre assim: carro diferente, perspectiva diferente", disse Hulkenberg após a corrida.

"De onde eu estava, pude ver que ele estava freando e espalhou.”

"Eu tinha parado o carro e estava pronto para fazer a curva. Mas ele espalhou, então eu não tinha lugar para ir.”

"Não é tão fácil dizer que poderia parar muito mais e ficar atrás dele. Eu não tinha para onde ir. Nas circunstâncias, acho que a penalidade de cinco segundos foi justa e razoável."

O chefe da equipe da Renault, Cyril Abiteboul, disse que a Renault "fez o que era necessário para construir a vantagem para que a punição fosse inofensiva", enquanto Perez sentiu que a escolha da punição pelos comissários foi errada.

"Foi uma penalidade estranha", disse Perez à NBC. "Eu estava à frente dele e ele simplesmente deixou a pista e ganhou uma vantagem.”

"Isso é muito bom quando você tem mais ritmo do que o outro carro, você corta a pista e ganhar uma vantagem. Eu não acho que a punição foi boa. Ele deveria ter devolvido a posição."

Hamilton parabeniza Bottas por vitória: “Tentei de tudo”

Artigo anterior

Hamilton parabeniza Bottas por vitória: “Tentei de tudo”

Próximo artigo

Verstappen lamenta fim de temporada “entediante”

Verstappen lamenta fim de temporada “entediante”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP de Abu Dhabi
Localização Yas Marina Circuit
Pilotos Nico Hulkenberg
Equipes Force India , Renault F1 Team
Autor Glenn Freeman