GALERIA: GP da Itália é apenas a décima prova sem Mercedes no pódio desde 2014; veja lista

Equipe alemã domina a F1 desde 2014, mas ficou de fora do pódio em algumas poucas ocasiões

GALERIA: GP da Itália é apenas a décima prova sem Mercedes no pódio desde 2014; veja lista

O GP da Itália de Fórmula 1, disputado no último domingo (06), foi um dos mais emocionantes dos últimos tempos da categoria. Com o domínio absoluto da Mercedes desde 2014, a equipe alemã vem acumulando vitórias e posições no pódio neste período. E a prova de Monza entrou para a história por ser uma das poucas dessa fase sem nenhum piloto da Mercedes no pódio.

Entre o GP da Austrália de 2014 e o GP da Itália de 2020, a F1 disputou um total de 129 provas. Desse total, a Mercedes não esteve presente no pódio em apenas dez ocasiões, sendo nenhuma em 2014, duas em 2015, uma em 2016, uma em 2017. duas em 2018, três em 2019 e, até o momento, uma na presente temporada.

Leia também:

Entre os vencedores, Max Verstappen leva vantagem quando o assunto é se aproveitar dos problemas das Mercedes. O holandês da Red Bull venceu metade dessas provas, sendo que, além da vitória de Gasly, Sebastian Vettel completa a lista com as outras quatro. Quando o assunto é pódio, a situação não muda: Ferrari, Red Bull e Toro Rosso / AlphaTauri são as equipes que mais marcaram presença entre os três primeiros colocados nessas ocasiões.

Por outro lado, a Mercedes venceu a grande maioria dos GPs disputados nesse período: 95, com vitórias de Lewis Hamilton, Nico Rosberg e Valtteri Bottas, o que mostra o tamanho do domínio da equipe alemã nessa era atual dos motores híbridos da F1.

Confira a lista completa abaixo:

GP da Hungria de 2015
GP da Hungria de 2015
1/10

Foto de: Sutton Motorsport Images

Vitória de Sebastian Vettel (Ferrari), com Daniil Kvyat (Red Bull) em segundo e Daniel Ricciardo (Red Bull) em terceiro. Já Lewis Hamilton foi o sexto e Nico Rosberg o nono
GP de Singapura de 2015
GP de Singapura de 2015
2/10

Foto de: Sutton Motorsport Images

Vitória de Sebastian Vettel (Ferrari), com Daniel Ricciardo (Red Bull) em segundo e Kimi Raikkonen (Ferrari) em terceiro. Nico Rosberg foi o quarto e Lewis Hamilton abandonou com problemas no motor
GP da Espanha de 2016
GP da Espanha de 2016
3/10

Foto de: Andrew Hone / Motorsport Images

Vitória de Max Verstappen (Red Bull) com Kimi Raikkonen (Ferrari) em segundo e Sebastian Vettel (Ferrari) em terceiro. Nico Rosberg e Lewis Hamilton abandonaram após uma batida na primeira volta
GP de Mônaco de 2017
GP de Mônaco de 2017
4/10

Foto de: Ercole Colombo

Vitória de Sebastian Vettel (Ferrari), com Kimi Raikkonen (Ferrari) em segundo e Daniel Ricciardo (Red Bull) em terceiro. Valtteri Bottas foi o quarto e Lewis Hamilton o sétimo
GP da Áustria de 2018
GP da Áustria de 2018
5/10

Foto de: Manuel Goria / Motorsport Images

Vitória de Max Verstappen (Red Bull), com Kimi Raikkonen (Ferrari) em segundo e Sebastian Vettel (Ferrari) em terceiro. Valtteri Bottas abandonou na primeira volta com problema hidráulico e Lewis Hamilton abandonou pouco depois por problemas de pressão no tanque de combustível
GP do México de 2018
GP do México de 2018
6/10

Foto de: Zak Mauger / Motorsport Images

Vitória de Max Verstappen (Red Bull) com Sebastian Vettel (Ferrari) em segundo e Kimi Raikkonen (Ferrari) em terceiro. Lewis Hamilton foi o quarto e Valtteri Bottas o quinto
GP da Alemanha de 2019
GP da Alemanha de 2019
7/10

Foto de: Sam Bloxham / Motorsport Images

Vitória de Max Verstappen (Red Bull), com Sebastian Vettel (Ferrari) em segundo e Daniil Kvyat (Toro Rosso) em terceiro. Lewis Hamilton foi o nono devido a um acidente e uma parada ruim da Mercedes e Valtteri Bottas abandonou
GP de Singapura de 2019
GP de Singapura de 2019
8/10

Foto de: Sam Bloxham / Motorsport Images

Vitória de Sebastian Vettel (Ferrari), com Charles Leclerc (Ferrari) em segundo e Max Verstappen (Red Bull) em terceiro. Lewis Hamilton foi o quarto e Valtteri Bottas o quinto
GP do Brasil de 2019
GP do Brasil de 2019
9/10

Foto de: Red Bull Content Pool

Vitória de Max Verstappen (Red Bull), com Pierre Gasly (Toro Rosso) em segundo e Carlos Sainz (McLaren) em terceiro. Valtteri Bottas abandonou e Lewis Hamilton chegou a terminar em terceiro, mas foi punido devido ao toque em Alex Albon e caiu para sétimo
GP da Itália de 2020
GP da Itália de 2020
10/10

Foto de: Andy Hone / Motorsport Images

Vitória de Pierre Gasly (AlphaTauri), com Carlos Sainz (McLaren) em segundo e Lance Stroll (Racing Point) em terceiro. Valtteri Bottas foi o quinto e Lewis Hamilton o sétimo

PÓDIO: GP da Itália maluco! Gasly vence, Hamilton punido e Ferrari na maior "draga" em 35 anos

PODCAST: O que será da F1 no Brasil em 2021, sem Globo, pilotos e corrida?

 

compartilhar
comentários
Racing Point e Ferrari retiram recursos contra decisão sobre 'Mercedes rosa'
Artigo anterior

Racing Point e Ferrari retiram recursos contra decisão sobre 'Mercedes rosa'

Próximo artigo

F1: Ferrari deve apresentar pintura clássica para prova 1000 em Mugello

F1: Ferrari deve apresentar pintura clássica para prova 1000 em Mugello
Carregar comentários