Galeria: Veja como estão as obras no paddock de Interlagos

Chão foi demolido para melhorar infraestrutura do circuito; conclusão desta fase da obras está marcada para 30 de setembro

Galeria: Veja como estão as obras no paddock de Interlagos

O Autódromo de Interlagos abriu nesta quarta-feira suas dependências para alguns jornalistas. Além de desmentir as últimas declarações de Bernie Ecclestone, que colocavam a corrida em dúvida para além de 2016, a administração e os engenheiros aproveitaram a oportunidade para mostrar como estão as obras na região dos boxes. CONFIRA GALERIA ABAIXO.

A obra, que começou com a colocação de um novo asfalto no ano de 2014, terá só fim no final do próximo ano. No entanto, a fase atual tem fim marcado para 30 de setembro segundo o engenheiro da pista, Luis Ernesto Morales.

Para o GP do Brasil da F1 deste ano, o prédio construído na parte de trás do paddock será completamente utilizado. No ano passado, apenas o andar de baixo foi usado. Ele servia e continuará servindo como base e área comum para as equipes de Fórmula 1. O andar de cima, que será entregue neste ano, será uma extensão da área VIP, que originalmente fica em cima das garagens.

O chão do paddock também foi demolido para que problemas de drenagem fossem corrigidos. Além disso, a infraestrutura do autódromo (esgoto, água e cabos de eletricidade) também está sendo modernizada com a obra atual. Inclusive, para este ano, uma ausência sentida pelos fãs será a torre de controle. O prédio não foi usado no ano passado e está sendo demolido para o melhor aproveitamento do espaço.

O autódromo terá agora 24 garagens (eram 21) e um aumento na altura de cada uma, para que empilhadeiras consigam entrar para os procedimentos de carga e descarga.

O novo prédio construído no ano passado na entrada dos boxes será utilizado em sua totalidade neste ano. Nos primeiros dois andares ficarão as bases da FIA e da FOM, enquanto que os últimos serão destinados a camarotes.

“Com estas reformas feitas pela prefeitura, hoje Interlagos pode ser considerada seguramente uma das três melhores pistas do mundo”, disse Tamas Rohonyi, organizador do GP.

“Para corrida, não existem pistas melhores que Interlagos, Silverstone, Magny-Cours e talvez Spa-Francorchamps. O resto é como você viram em Baku, a cidade linda, ‘show business’, mas a pista é ruim. Para a competição, não é das melhores.”

Confira fotos do paddock em obras:

Obras Interlagos
Obras Interlagos
1/17

Foto de: Gustavo Lima/Motorsport.com

Obras Interlagos
Obras Interlagos
2/17

Foto de: Gustavo Lima/Motorsport.com

Obras Interlagos
Obras Interlagos
3/17

Foto de: Gustavo Lima/Motorsport.com

Obras Interlagos
Obras Interlagos
4/17

Foto de: Gustavo Lima/Motorsport.com

Obras Interlagos
Obras Interlagos
5/17

Foto de: Gustavo Lima/Motorsport.com

Obras Interlagos
Obras Interlagos
6/17

Foto de: Gustavo Lima/Motorsport.com

Obras Interlagos
Obras Interlagos
7/17

Foto de: Gustavo Lima/Motorsport.com

Obras Interlagos
Obras Interlagos
8/17

Foto de: Gustavo Lima/Motorsport.com

Obras Interlagos
Obras Interlagos
9/17

Foto de: Gustavo Lima/Motorsport.com

Obras Interlagos
Obras Interlagos
10/17

Foto de: Gustavo Lima/Motorsport.com

Obras Interlagos
Obras Interlagos
11/17

Foto de: Gustavo Lima/Motorsport.com

Obras Interlagos
Obras Interlagos
12/17

Foto de: Gustavo Lima/Motorsport.com

Obras Interlagos
Obras Interlagos
13/17

Foto de: Gustavo Lima/Motorsport.com

Obras Interlagos
Obras Interlagos
14/17

Foto de: Gustavo Lima/Motorsport.com

Obras Interlagos
Obras Interlagos
15/17

Foto de: Gustavo Lima/Motorsport.com

Obras Interlagos
Obras Interlagos
16/17

Foto de: Gustavo Lima/Motorsport.com

Obras Interlagos
Obras Interlagos
17/17

Foto de: Gustavo Lima/Motorsport.com

compartilhar
comentários
Coluna do Massa: altos e baixos em Baku e recorde histórico
Artigo anterior

Coluna do Massa: altos e baixos em Baku e recorde histórico

Próximo artigo

Ecclestone quer Baku com corrida noturna em 2017

Ecclestone quer Baku com corrida noturna em 2017
Carregar comentários