GUIA F1 2024: Confira tudo da nova temporada da categoria máxima

Categoria tem mudança relativa a DRS e sprints, ainda que a pontuação seja mantida: o vencedor soma 8 tentos, com o top 8 somando unidades em ordem decrescente

Daniel Ricciardo, VCARB 01, nos boxes

Simon Galloway / Motorsport Images

Neste fim de semana, a Fórmula 1 dá o pontapé inicial à temporada 2024 com o GP do Bahrein, cuja largada está programada 12h deste sábado. A corrida não acontece no domingo por causa do Ramadã, conforme o Motorsport.com explica aqui. A Band segue como canal da F1 no Brasil.

Fórmula 1

Dia Horário (Brasília) Transmissão
Treino Livre 1 Quinta-feira 08h30 Bandsports / F1TV Pro
Treino Livre 2 Quinta-feira 12h00 Bandsports / F1TV Pro
Treino Livre 3 Sexta-feira 09h30 Bandsports / F1TV Pro
Classificação Sexta-feira 13h00 Band / Bandsports / F1TV Pro
Corrida Sábado 12h00 Band / F1TV Pro
       

Programas no YouTube do Motorsport.com

Dia Horário  
TELEMETRIA Quarta-feira 17h  
QUINTA-LIVRE Quinta-feira Após o TL2  
Q4 Sexta-feira Após a Classificação  
PÓDIO Sábado Após a Corrida  
RETA FINAL Segunda-feira 18h45  

O campeonato deste ano terá um novo formato nos fins de semana com corrida sprint, nos quais a sexta-feira terá um treino livre e o classificatório para a sprint, cuja disputa 'abre' as atividades do sábado. No fim deste, há o quali para a prova principal de domingo, que, por sua vez, 'fecha' o GP.

O editor recomenda:

De todo modo, o GP do Bahrein não tem a sprint, então segue a programação convencional, tendo três treinos livres, a classificação e a corrida. Sakhir, aliás, também foi palco dos testes de pré-temporada, da qual a Red Bull saiu como favorita, à frente da Ferrari, que liderou os tempos.

Posição Piloto (Equipe/Motor)  Dia 1   Dia 2   Dia 3 
1 Carlos Sainz Jr. (ESP)
Ferrari SF-24 / Ferrari 066/12
1'32.584
69
1'29.921
84
1'31.247
71
2 Charles Leclerc (MON)
Ferrari SF-24 / Ferrari 066/12
1'33.247
64
1'31.750
54
1'30.322
74
3 George Russell (ING)
Mercedes F1 W15 E Performance / M15
1'34.109
122
  1'30.368
67
4 Zhou Guanyu (CHI)
Sauber C44 / Ferrari 066/12
1'33.871
63
1'33.715
38
1'30.647
85
5 Sergio Pérez (MEX)
Red Bull RB20 / Honda RBPT H002
  1'30.679
129
1'31.483
53
6 Max Verstappen (HOL)
Red Bull RB20 / Honda RBPT H002
1'31.344
143
  1'30.755
66
7 Yuki Tsunoda (JAP)
VCARB (ex-AlphaTauri) 01 / Honda RBPT H002
1'34.136
64
1'38.074
40
1'30.775
53
8 Alexander Albon (TAI)
Williams FW46 / Mercedes F1 M15
1'34.587
40
  1'30.984
121
9 Oscar Piastri (AUS)
McLaren MCL38 / Mercedes F1 M15
1'33.658
57
1'32.328
35
1'31.030
91
10 Lewis Hamilton (ING)
Mercedes F1 W15 E Performance 
/ M15
  1'31.066
123
1'31.999
49
11 Fernando Alonso (ESP)
Aston Martin AMR24 / Mercedes F1 M15
1'33.385
77
1'33.053
31
1'31.159
75
12 Lando Norris (ING)
McLaren MCL38 / Mercedes F1 M15 
1'32.484
73
1'31.256
52
1'32.108
20
13 Daniel Ricciardo (AUS)
VCARB (ex-AlphaTauri) 01 / Honda RBPT H002
1'32.599
52
1'31.361
88
1'37.015
70
14 Nico Hülkenberg (ALE)
Haas VF-24 / Ferrari 066/10
1'35.906
82
1'37.509
31
1'31.686
89
15 Lance Stroll (CAN)
Aston Martin AMR24 / Mercedes F1 M15
1'33.007
54
1'32.029
96
1'32.038
46
16 Esteban Ocon (FRA)
Alpine A524 / Renault E-Tech RE24
1'34.677
60
1'32.061
78
1'33.079
55
17 Pierre Gasly (FRA)
Alpine A524 / Renault E-Tech RE24
1'32.805
61
1'33.804
33
1'32.149
47
18 Valtteri Bottas (FIN)
Sauber C44 / Ferrari 066/12
1'34.431
68
1'32.227
97
1'33.528
28
19 Logan Sargeant (EUA)
Williams FW46 / Mercedes F1 M15
1'33.882
21
1'32.578
117
 
20 Kevin Magnussen (DIN)
Haas VF-24 / Ferrari 066/10
1'35.692
66
1'36.611
93
1'33.053
80

Como se vê na tabela acima, o grid do começo de 2024 segue inalterado em relação ao fim de 2023. No meio do ano passado, uma mudança: o holandês Nyck de Vries foi 'sacado' para a volta do australiano Daniel Ricciardo à condição de titular. O calendário da F1, porém, tem novidades.

  • GP do Bahrein, em Sakhir (29/02 a 02/03) – largada às 12h de Brasília
  • GP da Arábia Saudita, em Jeddah (07/03 a 09/03) – 14h
  • GP da Austrália, em Melbourne (22/03 a 24/03) – 1h
  • GP do Japão, em Suzuka (05/04 a 07/04) – 2h
  • GP da China, em Xangai, com corrida sprint (19/04 a 21/04) – 4h
  • GP de Miami, em Miami, com corrida sprint (03/05 a 05/05) – 17h
  • GP da Emilia Romagna, em Imola (17/05 a 19/05) – 10h
  • GP de Mônaco, em Monte Carlo (24/05 a 26/05) – 10h
  • GP do Canadá, em Montréal (07/06 a 09/06) – 15h
  • GP da Espanha, em Barcelona (21/06 a 23/06) – 10h
  • GP da Áustria, em Spielberg, com corrida sprint (28/06 a 30/06) – 10h
  • GP da Grã-Bretanha, em Silverstone (05/07 a 07/07) – 11h
  • GP da Hungria, em Mogyoród (19/07 a 21/07) – 10h
  • GP da Bélgica, em Spa-Francorchamps (26/07 a 28/07) – 10h
  • GP da Holanda, em Zandvoort (23/08 a 25/08) – 10h
  • GP da Itália, em Monza (30/08 a 01/09) – 10h
  • GP do Azerbaijão, em Baku (13/09 a 15/09) – 8h
  • GP de Singapura, em Singapura (20/09 a 22/09) – 9h
  • GP dos Estados Unidos, em Austin, com corrida sprint (18/10 a 20/10) – 16h
  • GP do México, na Cidade do México (27/10 a 27/10) – 17h
  • GP de São Paulo, em Interlagos, com corrida sprint (01/11 a 03/11) – 14h
  • GP de Las Vegas, em Las Vegas (21/11 a 23/11) – 3h
  • GP do Catar, em Losail, com corrida sprint (29/11 a 01/12) – 14h
  • GP de Abu Dhabi, em Yas Marina (06/12 a 08/12) – 10h

Além de mudanças de data, com destaque para Suzuka e Baku, há o retorno do GP da China, ausente desde 2019 por causa da pandemia e de questões locais. O Brasil segue como um dos seis palcos com sprints, sendo o País o único a receber as provas desde a introdução em 2021. E o que muda em 2024?

Regra da asa móvel

Neste ano, o DRS (sigla em inglês para Drag Reduction System, ou sistema de redução de arrasto) poderá ser utilizado nas zonas de ativação após a conclusão da primeira volta das corridas. Até o fim de 2023, o uso só era permitido depois da conclusão de duas voltas.

Tempo limite para pedido de revisão das decisões dos comissários

As escuderias têm o direito de recorrer das decisões dos comissários caso haja “novas e significantes evidências não existentes no momento da decisão” em até 96 horas, com 24 horas extras para 'circunstâncias especiais'. Antes, esse período era de 14 dias.

Multas

Até o final de 2023, o valor máximo das multas aplicadas pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) era de 250 mil euros (R$ 1,337 milhão). Agora, porém, esse montante aumentou em quatro vezes, com a multa máxima aplicada podendo chegar a 1 milhão de euros (R$ 5,3 milhões).

RICO PENTEADO analisa PRÉ-TEMPORADA no Bahrein e diz se teremos novo PASSEIO da Red Bull na F1 2024

O que a F1 pode fazer para que o domínio de Max não seja desinteressante?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Ferrari não vê melhora no desgaste de pneus e corre contra o tempo para GP do Bahrein
Próximo artigo F1: Horner está a caminho do Bahrein em meio à expectativa sobre resultado da investigação

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil