Hamilton diz que já está focado na luta pelo octacampeonato da F1: "Seria algo incrível"

O piloto britânico afirmou que o ano será difícil, já que a Red Bull mostrou sua força no final de 2020

Hamilton diz que já está focado na luta pelo octacampeonato da F1: "Seria algo incrível"

Apesar de ainda não estar oficialmente garantido no grid de 2021 da Fórmula 1, já que não assinou a renovação com a Mercedes, o heptacampeão Lewis Hamilton já começa a delimitar seus objetivos para o ano, falando sobre a busca do inédito oitavo título mundial.

Hamilton já é o piloto mais bem-sucedido da história da F1, sendo o recordista de vitórias, pódios e pole positions, além de ser o maior campeão empatado com Michael Schumacher. Com a manutenção de boa parte dos carros de 2020 para 2021, a Mercedes é vista como a favorita para conquistar a oitava dobradinha consecutiva de títulos de pilotos e de construtores, com Hamilton na frente da disputa, podendo garantir seu octa.

Leia também:

Em entrevista ao jornal italiano Gazzetta dello Sport, o britânico mencionou pela primeira vez a chance potencial que tem de garantir mais um título na F1.

"Conseguir um oitavo título mundial seria uma coisa incrível. Não sei nem dizer o quanto esse número significa. Mas garanto que estou mantendo o foco para conseguir isso".

Mas Hamilton mantém um discurso similar ao do chefe da Mercedes, Toto Wolff, defendendo que o ano não será fácil, principalmente com o passo adiante dado pela Red Bull, tanto em termos de performance quanto pela contratação de Sergio Pérez.

"Imagino que teremos um ano difícil, posso garantir isso. A Red Bull mostrou ainda em 2020 que eles estão muito fortes".

A Red Bull tem apostado bastante no RB16B, modelo de 2021, apostando na manutenção de cerca de 60% do carro para reverter uma escrita incômoda dos últimos anos: os inícios de temporada mais fracos, que acabam afetando a investida da equipe na luta pelo título. A Honda também está jogando suas fichas neste ano, seu último na F1, a ponto de afirmar que entregará a especificação do motor de 2022 para a Red Bull utilizar já em 2021.

Já a Mercedes busca manter a hegemonia apresentada em toda a era turbo híbrida, tendo em 2020 o seu ano mais forte. Por isso a equipe abandonou o desenvolvimento do W11 ainda no início da temporada passada para focar no trabalho em cima do W12. O modelo de 2021 será lançado oficialmente em 02 de março.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Claire Williams detona F1, se defende de críticas e revela os “pregos do caixão" que mataram gestão

PODCAST: Vettel, Alonso, Ricciardo, Pérez ou Sainz? Quem entra em 2021 mais pressionado?

 

compartilhar
comentários
Jordan: Mercedes "se engana" se acha que poderá substituir Hamilton facilmente

Artigo anterior

Jordan: Mercedes "se engana" se acha que poderá substituir Hamilton facilmente

Próximo artigo

ANÁLISE: Como as equipes da F1 se preparam para operar sob o teto orçamentário

ANÁLISE: Como as equipes da F1 se preparam para operar sob o teto orçamentário
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Redação Motorsport.com