Últimas notícias

F1: Honda admite que ainda está aquém de Mercedes e Ferrari

Diretor da montadora japonesa admite que sua unidade de potência precisa melhorar para chegar ao nível das concorrentes

Max Verstappen, Red Bull Racing RB15

A temporada 2019 da Honda na Fórmula 1 vem sendo melhor do que o diretor técnico Toyoharu Tanabe esperava, mas ele admite que a diferença para as unidades de potência de elite "ainda está lá".

Com a nova parceria com a Red Bull, a Honda garantiu sua primeira vitória desde que voltou à F1 em 2015 e encerrou uma seca que vinha desde 2006 (relembre os detalhes em galeria no fim desta matéria). Tanabe se juntou ao projeto da F1 antes da temporada de 2018 e tem sido chave no processo de desenvolvimento e confiabilidade da Honda.

Leia também:

Ele disse ao Motorsport.com: "Quando começamos o teste de Barcelona e a primeira corrida, no início da temporada, vi uma grande diferença entre nosso desempenho e o dos outros motores”.

"Continuamos pressionando e trabalhando muito para reduzir a diferença, mas ela ainda está lá. Mas temos duas vitórias com Max [Verstappen], e também é bom é que a Toro Rosso tenha conseguido um pódio”.

"A Alemanha foi uma corrida muito complicada, as equipes e pilotos trabalharam com muita precisão e reagiram muito rapidamente às mudanças de condições. Isso nos deu um bom resultado”, explicou.

"Até agora, [foi] melhor do que eu esperava. Mas o nosso desejo é mais do que os resultados atuais. Eu sei que não é fácil. Mas temos equipes, pilotos e motor funcionando bem e podemos alcançar nosso objetivo. É nisso que estou pensando agora”.

A Honda já introduziu dois upgrades em 2019, o que ajudou a diminuir a diferença inicial para os principais fabricantes de motores, Ferrari e Mercedes.

Tanabe, que muitas vezes é reservado com suas emoções, disse: "É um pouco difícil te mostrar minha mente, mas na verdade eu estou muito feliz!”.

"A primeira vitória é um dos marcos. Mas nossa meta é maior. Estou muito feliz, mas não paramos. Sempre outra, outra, mais uma. O objetivo é o campeonato. Mas ainda estamos longe”.

Como era o mundo na última vitória da Honda na F1 antes de 2019?

A última vez que que um motor dos japoneses foi congratulado por um triunfo foi no GP da Hungria de 2006, realizado no dia 6 de agosto de 2006, com vitória de Jenson Button, que corria com a equipe Honda. O pódio teve Pedro de la Rosa, da McLaren, e Nick Heidfeld, da BMW.

Mas, após mais de uma década de jejum, como era o mundo – dentro e fora do automobilismo – quando a Honda venceu pela última vez?

Hamilton era campeão, mas da GP2
O dólar estava na faixa de R$2,15
Michael Schumacher anunciava sua primeira aposentadoria
Fabio Cannavaro era eleito o melhor jogador do mundo daquele ano, após título mundial da Itália
Max Verstappen estava prestes a completar nove anos de idade
Seu pai, Jos, competia na extinta A1 GP, representando a Holanda
“Crash - No Limite” ganhou o Oscar de melhor filme
 Max Mosley (à direita) era o presidente da FIA
Muhammad Yunus ganhou o Prêmio Nobel da Paz. Ele fundou um banco que pretendia acabar com a pobreza no mundo. Escreveu “O banqueiro dos pobres”
Marc Márquez tinha apenas 13 anos
Valentino Rossi era “apenas” pentacampeão da principal categoria da motovelocidade, e Nicky Hayden venceu o campeonato daquele ano
A Sony lançou o PlayStation 3, no Japão
Fernando Alonso se tornava bicampeão da F1
Plutão deixava de ser um planeta
Bento XVI era o Papa
O São Paulo FC conquistava títulos e foi o campeão brasileiro daquele ano
O Brasil era eliminado pela França, nas quartas de final da Copa de 2006
Jimmie Johnson conquistava seu primeiro título da NASCAR; o primeiro de sete
O iPhone ainda não havia sido lançado
O Gol
20

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Chefe da Alfa Romeo: Raikkonen está "funcionando perfeitamente" na equipe
Próximo artigo Show do Offspring, ‘babá’, Disney e Hollywood: as férias dos pilotos da F1

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil