Fórmula 1
06 mai
Próximo evento em
59 dias
20 mai
Próximo evento em
73 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
87 dias
10 jun
Próximo evento em
94 dias
24 jun
Próximo evento em
108 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
115 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
129 dias
29 jul
Próximo evento em
143 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
171 dias
02 set
Próximo evento em
178 dias
09 set
Próximo evento em
185 dias
23 set
Próximo evento em
199 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
206 dias
07 out
Próximo evento em
213 dias
21 out
Próximo evento em
227 dias
28 out
Próximo evento em
234 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
270 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
279 dias

Horner defende que Red Bull não contratou Pérez pelo dinheiro: "Não dependemos disso"

Christian Horner ainda disse que Pérez deve pressionar Verstappen mais do que Albon fez no passado

compartilhar
comentários
Horner defende que Red Bull não contratou Pérez pelo dinheiro: "Não dependemos disso"

Uma das grandes novidades da temporada 2021 da Fórmula 1 é a chegada de Sergio Pérez à Red Bull. E enquanto muitos defendem que a contratação do mexicano tem relação com o sólido aporte financeiro que ele traz do bilionário Carlos Slim, o chefe da equipe, Christian Horner, afirmou que a marca austríaca não precisa disso e que Pérez foi escolhido por seu valor como piloto.

Um dos motivos que ajudou a alavancar essa ideia de que Pérez havia sido contratado é o fato da Aston Martin deixar de ser a patrocinadora máster da Red Bull a partir deste ano, com a chegada da montadora como equipe própria. A perda de um valor considerável de dinheiro em meio a uma operação para assumir o programa de motores da Honda e tornar-se a própria fornecedora teriam tornado o caso de Pérez atraente contra Albon e Hulkenberg.

Leia também:

Pérez conta há anos com o apoio financeiro do bilionário Carlos Slim, dono de um império no ramo das telecomunicações, que incluem marcas como Telcel e a Claro.

Mas Horner defendeu que este não é o caso e que a Red Bull viu outros valores mais importantes em Pérez na hora de contratá-lo.

"A Red Bull não depende disso", falou Horner em entrevista ao portal holandês Racing News 365. "A popularidade de Pérez na América Latina e no México em particular, será um tema que analisaremos nos próximos meses".

Segundo informações, a Red Bull pode estar aberta a trazer novos patrocinadores da região, já que a presença de Pérez torna a marca mais aberta para o mercado.

"O interesse em seu anúncio foi o maior que já vimos na Red Bull. É incrível como a Fórmula 1 consegue ser tão popular. E, ainda por cima, temos mais plataformas a nossa disposição em comparação com anos atrás. Nas últimas semanas, tivemos um crescimento tremendo de tráfego vindo da América Latina, o que é muito bom para a Fórmula 1".

Pérez terá do outro lado da garagem um dos companheiros de equipe mais difíceis que já teve em sua carreira na F1: Max Verstappen. Mas Horner acredita que o mexicano poderá pressionar o holandês mais do que Alex Albon fez ao longo de um ano e meio.

"Acredito que Pérez poderá pressionar Max mais do que Alex Albon fez na temporada passada. Com sorte, isso nos dará uma força combinada maior para podermos lutar contra a Mercedes".

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Quais pilotos da F1 tiveram os maiores salários de 2020 e os que ganharam ‘mixaria’

PODCAST: Top-3: as corridas mais marcantes da história da F1 em nossas memórias

 

Chefe da AlphaTauri diz que Covid-19 "abriu os olhos" das equipes para modelo financeiro insustentável da F1

Artigo anterior

Chefe da AlphaTauri diz que Covid-19 "abriu os olhos" das equipes para modelo financeiro insustentável da F1

Próximo artigo

Mercedes assina com Vesti, da F3, para programa de jovens talentos

Mercedes assina com Vesti, da F3, para programa de jovens talentos
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Redação Motorsport.com