Fórmula 1
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

Leclerc bate Vettel no último treino livre para o GP da Rússia de F1

compartilhar
comentários
Leclerc bate Vettel no último treino livre para o GP da Rússia de F1
Por:
, Repórter
28 de set de 2019 10:02

Jovem piloto monegasco supera companheiro alemão da Ferrari antes da classificação em Sochi

Depois de liderar o primeiro treino livre para o GP da Rússia de Fórmula 1 e ficar em segundo na segunda sessão prática em Sochi, Charles Leclerc voltou ao topo da tabela de tempos na última atividade antes da classificação para a etapa de Sochi.

O piloto monegasco da Ferrari cravou o tempo de 1min32s733 e superou o companheiro alemão Sebastian Vettel por mais de três décimos na manhã deste sábado. Foi a primeira dobradinha do time de Maranello nos treinos deste fim de semana.

Leia também:

O terceiro colocado foi o britânico Lewis Hamilton, da Mercedes. O líder do campeonato ficou a pouco menos de quatro décimos do tempo de Leclerc. O finlandês Valtteri Bottas, também da Mercedes, foi o quarto.

Completando os cinco mais rápidos em Sochi, veio Max Verstappen, holandês da Red Bull que liderou o segundo treino livre. Em bom desempenho, Romain Grosjean, francês da Haas, ficou em sexto, à frente do tailandês Alex Albon, da Red Bull.

 

De saída da Renault, o alemão Nico Hulkenberg foi o oitavo, à frente do novato britânico Lando Norris, da McLaren. O dinamarquês Kevin Magnussen, da Haas, completou os dez mais rápidos na última sessão prática. O treino classificatório acontece às 9h (de Brasília) e o Motorsport.com acompanha tudo em TEMPO REAL.

Quer assistir F2, F3 e Indy de graça? Se inscreva no DAZN e tenha acesso grátis por 30 dias a Fórmula 2, Fórmula 3, Indy e uma série de eventos esportivos. Cadastre-se agora clicando aqui.

Cla # Piloto Chassi Motor Voltas Tempo Diferença Intervalo km/h
1 16 Monaco Charles Leclerc Ferrari Ferrari 14 1'32.733     227.025
2 5 Germany Sebastian Vettel Ferrari Ferrari 15 1'33.049 0.316 0.316 226.254
3 44 United Kingdom Lewis Hamilton Mercedes Mercedes 19 1'33.129 0.396 0.080 226.060
4 77 Finland Valtteri Bottas Mercedes Mercedes 18 1'33.354 0.621 0.225 225.515
5 33 Netherlands Max Verstappen Red Bull Honda 12 1'34.227 1.494 0.873 223.426
6 8 France Romain Grosjean Haas Ferrari 17 1'34.308 1.575 0.081 223.234
7 23 Thailand Alexander Albon Red Bull Honda 21 1'34.371 1.638 0.063 223.085
8 27 Germany Nico Hulkenberg Renault Renault 13 1'34.421 1.688 0.050 222.967
9 4 United Kingdom Lando Norris McLaren Renault 15 1'34.527 1.794 0.106 222.717
10 20 Denmark Kevin Magnussen Haas Ferrari 15 1'34.546 1.813 0.019 222.672
11 10 France Pierre Gasly Toro Rosso Honda 16 1'34.564 1.831 0.018 222.630
12 3 Australia Daniel Ricciardo Renault Renault 14 1'34.586 1.853 0.022 222.578
13 55 Spain Carlos Sainz Jr. McLaren Renault 18 1'34.607 1.874 0.021 222.528
14 99 Italy Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Ferrari 15 1'34.766 2.033 0.159 222.155
15 11 Mexico Sergio Perez Racing Point Mercedes 7 1'34.860 2.127 0.094 221.935
16 18 Canada Lance Stroll Racing Point Mercedes 16 1'34.898 2.165 0.038 221.846
17 7 Finland Kimi Raikkonen Alfa Romeo Ferrari 19 1'35.714 2.981 0.816 219.955
18 63 United Kingdom George Russell Williams Mercedes 18 1'36.011 3.278 0.297 219.274
19 26 Russian Federation Daniil Kvyat Toro Rosso Honda 4 1'36.081 3.348 0.070 219.115
20 88 Poland Robert Kubica Williams Mercedes 19 1'36.942 4.209 0.861 217.169

GALERIA: Confira as curiosidades do GP da Rússia de Fórmula 1

Galeria
Lista

O GP da Rússia, dentro da F1 ‘moderna’ é disputado desde 2014, em Sochi, dentro do parque olímpico para as Olimpíadas de inverno.

O GP da Rússia, dentro da F1 ‘moderna’ é disputado desde 2014, em Sochi, dentro do parque olímpico para as Olimpíadas de inverno.
1/10

Foto de: XPB Images

O circuito é mais um daqueles construídos com a supervisão de Hermann Tilke, responsável pelo traçado de boa parte dos circuitos atuais da F1.

O circuito é mais um daqueles construídos com a supervisão de Hermann Tilke, responsável pelo traçado de boa parte dos circuitos atuais da F1.
2/10

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

A pista tem 18 curvas, sendo 12 para a direita e seis para a esquerda.

A pista tem 18 curvas, sendo 12 para a direita e seis para a esquerda.
3/10

Foto de: Simon Galloway / Motorsport Images

Lewis Hamilton é o maior vencedor do GP da Rússia, com três triunfos (2014, 2015 e 2018).

Lewis Hamilton é o maior vencedor do GP da Rússia, com três triunfos (2014, 2015 e 2018).
4/10

Foto de: Sam Bloxham / Motorsport Images

A última edição foi bastante polêmica, com a vitória de Hamilton após a Mercedes dar a ordem para que Valtteri Bottas, que liderava, cedesse a posição.

A última edição foi bastante polêmica, com a vitória de Hamilton após a Mercedes dar a ordem para que Valtteri Bottas, que liderava, cedesse a posição.
5/10

Foto de: Manuel Goria / Motorsport Images

A Mercedes está 100% na Rússia, com todas as vitórias desde 2014, além de duas edições pré-F1, em 1913 e 1914.

A Mercedes está 100% na Rússia, com todas as vitórias desde 2014, além de duas edições pré-F1, em 1913 e 1914.
6/10

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

Nenhum brasileiro venceu GP da Rússia. A melhor colocação foi de Felipe Massa, em 2015, na quarta colocação. Naquela mesma corrida, Felipe Nasr foi o sexto.

Nenhum brasileiro venceu GP da Rússia. A melhor colocação foi de Felipe Massa, em 2015, na quarta colocação. Naquela mesma corrida, Felipe Nasr foi o sexto.
7/10

Foto de: XPB Images

O GP da Rússia de 2016 foi a primeira corrida da F1 disputada em um 1º de maio, desde o GP de San Marino de 1994. Na ocasião, Felipe Nasr homenageou Senna em seu capacete.

O GP da Rússia de 2016 foi a primeira corrida da F1 disputada em um 1º de maio, desde o GP de San Marino de 1994. Na ocasião, Felipe Nasr homenageou Senna em seu capacete.
8/10

Foto de: XPB Images

O piloto da casa, Daniil Kvyat, dá o nome à curva 3 do circuito.

O piloto da casa, Daniil Kvyat, dá o nome à curva 3 do circuito.
9/10

Foto de: XPB Images

Mas foi lá que em 2016 ele viveu seu pior pesadelo na equipe principal da Red Bull. Após se envolver em um acidente com Sebastian Vettel, Kvyat foi ‘rebaixado’, voltando a fazer parte da Toro Rosso, cedendo seu assento a Max Verstappen, que venceu logo na corrida seguinte, na Espanha.

Mas foi lá que em 2016 ele viveu seu pior pesadelo na equipe principal da Red Bull. Após se envolver em um acidente com Sebastian Vettel, Kvyat foi ‘rebaixado’, voltando a fazer parte da Toro Rosso, cedendo seu assento a Max Verstappen, que venceu logo na corrida seguinte, na Espanha.
10/10

Foto de: XPB Images

Próximo artigo
Verstappen diz que não está interessado em decisão sobre companheiro em 2020

Artigo anterior

Verstappen diz que não está interessado em decisão sobre companheiro em 2020

Próximo artigo

McLaren confirma mudança para motores Mercedes a partir de 2021

McLaren confirma mudança para motores Mercedes a partir de 2021
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Rússia
Autor Carlos Costa