Massa diz que pode mudar de equipe: “não quero citar nomes”

Na Williams desde 2014, brasileiro revela que está aberto a mudar de ares na F1 desde que possa ser competitivo

Massa diz que pode mudar de equipe: “não quero citar nomes”
Felipe Massa, Williams FW38
Felipe Massa, Williams FW38 on the grid
Felipe Massa, Williams FW38 on the grid
Felipe Massa, Williams FW38
Felipe Massa, Williams FW38
Felipe Massa, Williams FW38
Felipe Massa, Williams FW38
Carregar reprodutor de áudio

Sem contrato com a Williams para o ano que vem, o brasileiro Felipe Massa revelou que está tendo contato com outros times da Fórmula 1. Em um ano de mudanças nos regulamentos técnicos, ele diz que pode mudar de ares dentro da categoria.

Questionado pelo site F1i se o cenário era perfeito para continuar na Williams, Massa disse: "Talvez você possa ter algumas oportunidades mais interessantes..."

"Eu não quero citar nomes, porque não acho que seja realmente a coisa certa a fazer. Mas não é uma equipe pequena. Talvez equipes como as que eu já corri, mas talvez também equipes que estejam se esforçando para ser melhores."

Boatos dão conta que o brasileiro está conversando com a Renault além de também negociar sua permanência na Williams.

O brasileiro falou que não tem medo do que o futuro lhe reserva e também se disse pronto para possíveis mudanças.

"Eu me sinto pronto para tudo. Eu me sinto pronto para ficar, estou pronto para fazer tudo o que posso e estou pronto para me divertir.”

“Se eu não tiver uma boa oportunidade, estou pronto para encontrar um novo emprego em algum lugar diferente. Não estou com pressa, e vamos decidir o caminho certo. Se tiver uma boa oportunidade, sim, é isso que eu gostaria de fazer de qualquer maneira.”

“Mas eu não estou aqui para estar na parte de trás do grid sem me divertir. Eu não estou pronto para isso."

compartilhar
comentários
Ferrari: só depende de Kimi provar que merece novo contrato
Artigo anterior

Ferrari: só depende de Kimi provar que merece novo contrato

Próximo artigo

Prost: F1 deveria permitir "liberdade total" sobre pneus

Prost: F1 deveria permitir "liberdade total" sobre pneus