Fórmula 1
20 jun
-
23 jun
Evento encerrado
27 jun
-
30 jun
Evento encerrado
11 jul
-
14 jul
Evento encerrado
25 jul
-
28 jul
Evento encerrado
01 ago
-
04 ago
Evento encerrado
29 ago
-
01 set
Próximo evento em
11 dias
05 set
-
08 set
Próximo evento em
18 dias
R
GP de Singapura
19 set
-
22 set
26 set
-
29 set
Próximo evento em
39 dias
10 out
-
13 out
Próximo evento em
53 dias
24 out
-
27 out
Próximo evento em
67 dias
31 out
-
03 nov
Próximo evento em
74 dias
14 nov
-
17 nov
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
102 dias

Massa e Piquet mostram distanciamento uma década após pódio

compartilhar
comentários
Massa e Piquet mostram distanciamento uma década após pódio
Por:
20 de jul de 2018 17:05

Dez anos depois de top-3 duplo na F1 na Alemanha, pilotos falam que não possuem relação próxima apesar de momento histórico

Em dez anos a relação entre Nelsinho Piquet e Felipe Massa mudou bastante. Após dividirem o pódio no GP da Alemanha de 2008, há exatamente uma década, os dois pouco se falam hoje em dia. Na verdade, pouco se entendem.

Falando de sua relação com Felipe Massa, Nelsinho Piquet diz que o futuro colega de Fórmula E sempre o teve como alvo de seu ressentimento. A principal causa para isso é o GP de Cingapura de 2008, quando Piquet bateu seu carro propositalmente para seu companheiro, Fernando Alonso, vencer, enquanto Massa - que liderava a corrida - acabou saindo dos boxes com a mangueira de combustível após um erro da Ferrari e não marcou pontos naquela etapa. No fim do ano, Massa perdeu o título por um ponto.

Leia também:

"Eu não tenho nada contra ele”, falou Nelsinho ao Motorsport.com.

“Obviamente, o Felipe sempre foi um pouco zangado comigo. Você me conhece.”

“Eu sou um cara que tenho poucos amigos, mas meus amigos são quase uma família, não conto nem como amigo. Sou diferente de outras pessoas, que adoram ter todos os amigos da vida. Mas aí podem confiar em quem?”

“Então eu sou desse tipo. Um cara que tem as pessoas com quem ando junto, que eu confio, que são família para mim, e outras pessoas são outras pessoas. É muito simples para mim."

Massa revelou mágoas com o piloto, apesar de querer deixar tudo para trás na nova fase de sua carreira.

"Eu não tenho nada contra o Nelsinho”, iniciou ao Fox Sports.

“Quer dizer, eu não tinha, mas ele andou dando uma entrevista esses dias (em junho, à revista alemã Motorsport Magazin) falando que eu estou aqui (na Fórmula E) por causa da política. Que eu estou correndo por causa da política. Eu nunca imaginei que uma pessoa iria falar algo assim, e a gente não precisa nem comentar.”

“Eu estou aqui para me divertir, estou aqui para correr em um campeonato que vem crescendo. Pilotos da Fórmula 1 são bem-vindos em qualquer campeonato no mundo inteiro.”

“Nunca tive nada contra ele, mas essa entrevista que ele deu recentemente... não entendi. Ele disse que meu empresário (Nicolas Todt) é filho do Jean Todt. De uma vez só, ele falou mal do Jean Todt, do campeonato e que os pilotos estão aqui por causa da política. Melhor nem comentar."

Próximo artigo
Ferrari testa sistema de escapamento único em Hockenheim

Artigo anterior

Ferrari testa sistema de escapamento único em Hockenheim

Próximo artigo

Vettel teme que altas temperaturas impactem nos pneus

Vettel teme que altas temperaturas impactem nos pneus
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Felipe Motta
Seja o primeiro a receber as últimas notícias