Mercedes nega erro de estratégia: "escolha foi de Hamilton"

O chefe da Mercedes disse que o tricampeão teve todas as opções de estratégias disponíveis para escolher entre a melhor durante a prova em Abu Dhabi

Mercedes nega erro de estratégia: "escolha foi de Hamilton"
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 W06 on pole at the formation lap
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 on the drivers parade
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 Team
Second place Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 Team
Second place Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 Team and race winner Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 Team
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 Team
Second place Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 Team

Lewis Hamilton fez uma segunda perna grande na prova na tentativa de ter uma estratégia diferente de Nico Rosberg. Ele insistiu em permanecer na pista e terminar a prova com os pneus desgastados, mas o seu engenheiro insistiu para que ele fizesse a troca.

O tricampeão aceitou as indicações dos boxes e parou para a troca, mas colocou os pneus macios ao invés de apostar em supermacios. Sebastian Vettel, por exemplo, fez estratégia semelhante e ganhou duas posições em 15 voltas com os compostos supermacios.

"Primeiramente, nós demos a Lewis todas as opções de escolher qual pneu ele queria colocar, isso é importante que os fãs observem. Os pneus supermacios durariam 7 ou 8 voltas, e mesmo que o carro estivesse mais leve, não durariam até o final da corrida. Foi a decisão da sua equipe de garagem decidir usar os pneus macios até o fim", disse Toto Wolff, chefe da equipe.

"Houve muita conversação, eu não sei se isso foi televisionado, entre o seu engenheiro de corrida e ele para decidir qual estratégia tomar. Nós queríamos dar a ele uma verdadeira opção de vitória no fim, mas o ritmo ideal não estava lá. Foi uma aposta e foi decisão dele", disse.

Hamilton não entende estratégia

 

"Eu não poderia ver o todo e você precisa confiar no seu engenheiro para dar a você a melhor estratégia naquele ponto. Honestamente, eu não entendi muito bem, pois eu saí dos boxes 11 segundos atrás", disse Hamilton

"Eu tinha uma montanha para escalar, que eu tentei o máximo que pude até os meus pneus terminarem. Eu deixei a equipe fazer a chamada para os boxes por que eu não sabia qual seria o melhor. Mas no final do dia, a diferença foi muito grande", disse.

compartilhar
comentários
Furioso, Alonso detona FIA: "precisamos é de bom senso"

Artigo anterior

Furioso, Alonso detona FIA: "precisamos é de bom senso"

Próximo artigo

Verstappen recebe pontos na licença e fica perto de “gancho”

Verstappen recebe pontos na licença e fica perto de “gancho”
Carregar comentários