Fórmula 1
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
65 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
79 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
86 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
114 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
142 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
149 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
163 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
170 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
184 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
198 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
205 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
219 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
233 dias

Mosley "teria cortado partes" de documentário sobre si mesmo

compartilhar
comentários
Mosley "teria cortado partes" de documentário sobre si mesmo
Por:
24 de jan de 2020 14:01

Ex-presidente da FIA e co-fundador da March Engineering, Max Mosley afirmou que o documentário sobre sua vida, que será lançado em março, não deixa nada para trás, mas admite que teria cortado algumas coisas se tivesse a chance

O documentário Mosley, focado na vida do ex-presidente da Federação Internacional do Automobilismo (FIA) Max Mosley, teve seu primeiro trailer divulgado ontem (veja abaixo) e mostra imagens do paddock da Fórmula 1 durante o GP de Mônaco de 2008, quando veio à público uma denúncia contra Mosley, um escândalo sexual envolvendo referências nazistas. O filme terá sua estreia no Festival de Cinema de Manchester, com uma sessão no dia 08 de março.

Como mostra o trailer, o filme não foge das controvérsias envolvendo a vida de Mosley, como o relacionamento com seu pai Oswald – líder da União Britânica de Fascistas anos antes da 2ª Guerra Mundial – e a denúncia de 2008 feita pelo jornal News of the World.

Leia também:

Mosley tem a direção de produção de Michael Shevloff, conhecido por outros programas e documentários sobre o mundo do automobilismo como 1: Life on the Limit, focado na evolução da segurança dos carros de F1 e o trabalho do Professor Sid Watkins.

 

 

 

Além do próprio Mosley, outras personalidades presentes no documentário são Bernie Ecclestone, Jean Todt, Flavio Briatore, Gerhard Berger e o ex-parceiro de Mosley na March, Robin Herd.

“O foco inicial do documentário era sobre como os acidentes de Ayrton Senna e Roland Ratzenberger em 1994 levaram ao Programa Europeu de Avaliação de Novos Carros (Euro NCAP) e a revolução em segurança de carros”, afirmou Mosley ao Motorsport.com. “Essa é uma história muito interessante e que poucos sabem. Mas aí foi crescendo e se transformando mais em um negócio sobre mim”.

“Tem tudo ali, incluindo o caso do News of the World e o que aconteceu desde então. A entrevista do Bernie é interessante, porque eles focam em descobrir de qual lado ele ficou quando a história surgiu”.

“Alguém perguntou se isso inclui o fato de Hitler ter sido um convidado no casamento de meus pais. A resposta é sim. O filme não deixa nada para trás, e isso provavelmente torna ele mais interessante para os outros”, comentou Mosley. “Há uma ou duas coisas ali que, se eu estivesse à frente, teria cortado. Mas aí acabaria com todo o propósito do filme – ele precisa ser independente”.

Mosley afirmou que, além de sua história pessoal, há vários elementos no documentário que vão animar os entusiastas do automobilismo. “Para um fã do esporte a motor é interessante, porque tem várias imagens de arquivo bem antigas. Muito conteúdo sobre a March que eu já havia esquecido ou nunca tinha visto antes”.

“Tem muito conteúdo para conseguir enfiar em uma hora e meia. É um pouco como meu livro – eu escrevi uma primeira versão e depois cortei 20 mil palavras, porque estava longo demais”.

 

Próximo artigo
Relembre os 10 melhores e piores momentos de Alonso na McLaren

Artigo anterior

Relembre os 10 melhores e piores momentos de Alonso na McLaren

Próximo artigo

F1: Alfa Romeo divulga data de lançamento de seu novo carro; veja

F1: Alfa Romeo divulga data de lançamento de seu novo carro; veja
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Adam Cooper