Mudança da FIA no regulamento pode acabar com "Modo festa" da Mercedes em classificações já no GP da Bélgica; entenda

compartilhar
comentários
Mudança da FIA no regulamento pode acabar com "Modo festa" da Mercedes em classificações já no GP da Bélgica; entenda
Por:

FIA encaminhou carta às equipes nesta quinta, anunciando que nova diretiva deve sair antes do GP da Bélgica, em 30 de agosto

As equipes da Fórmula 1 receberam nesta quinta uma informação da FIA que deve passar a valer já para o GP da Bélgica, etapa que sucede a prova da Espanha neste fim de semana: os modos "qualificação" dos motores devem ser proibidos. Com isso, as equipes não poderão contar com a potência extra que estão acostumadas no final da classificação, que ficou conhecido como "modo festa" (party mode em inglês) por causa da Mercedes.

A mudança será feita exatamente por causa da Mercedes, já que as equipes que usam os motores da montadora alemã tradicionalmente têm um ganho maior na classificação, o que pode aumentar ainda mais a tensão em um momento que o paddock já está em situação de paz armada com o caso da Racing Point e as negociações do novo Pacto de Concórdia.

Leia também:

O secretário-geral da FIA para automobilismo, Peter Beyer, fez a referência aos modos em uma carta às equipes, que cobria várias questões técnicas sobre o nome de "Modos dos motores de combustão interna (MCI) das unidades de potência - redução do escopo de ajustabilidade entre a classificação e a corrida".

A carta indicava claramente que a FIA quer que as equipes usem os mesmos modos dos MCI nas classificações e nas corridas.

Apesar da carta não ter efeito regulatório, ela disse que uma diretiva técnica será encaminhada e passará a valer para o GP da Bélgica.

A carta referenciava duas regras da FIA. A primeira é o Artigo 2.7 do Regulamento Técnico de 2020, chamado de "Funções do Competidor", que diz: "É função de cada competidor satisfazer o delegado técnico da FIA e os fiscais de prova mostrando que seu carro segue esses regulamentos em sua totalidade a todo tempo durante um evento".

"O design do carro, seus componentes e sistemas devem, com exceção de partes de segurança, demonstrar sua conformidade com esses regulamentos por meio de inspeções físicas de hardware ou de materiais. Nenhum design mecânico pode se apoiar apenas de inspeção de software como forma de comprovar o cumprimento".

"Devido a sua natureza, o cumprimento dos sistemas eletrônicos podem ser verificados pela inspeção de hardware, software e dados".

A carta destaca que "a diversidade e complexidade de modos usados torna extremamente difícil para a FIA monitorar o cumprimento de todos os regulamentos relacionados à unidade de potência".

A outra regra citada é o Artigo 27.1 do Regulamento Esportivo, usado frequentemente para relembrar que o carro deve ser comandado "sozinho e sem auxílio".

A carta nota que "as mudanças nos modos do MCI que são usadas atualmente podem significar potencialmente que os pilotos não conduzem o carro sozinhos e sem auxílio".

A carta ainda deixa claro que "para resolver essas preocupações no futuro, vamos pedir que, durante a sessão de classificação e a corrida, a unidade de potência possa ser operada em modo único", antes de confirmar que a diretiva será divulgada antes da prova de Spa.

As equipes ainda não sabem exatamente quais mudanças isso terá, já que ainda precisam receber mais detalhes.

Um modo único não restringirá apenas a performance na classificação, como também limitará ajustes que os pilotos poderão fazer durante as corridas, incluindo ajustes que visam conservar os motores por questão de confiabilidade.

TELEMETRIA: Os bastidores quentes do GP da Espanha com participação de Rico Penteado

PODCAST: O que aconteceria em um duelo Hamilton X Verstappen em igualdade de condições?

 

Amazon divulga trailer de série documental sobre Fernando Alonso; veja

Artigo anterior

Amazon divulga trailer de série documental sobre Fernando Alonso; veja

Próximo artigo

Pérez detona imprensa por "monte de m***" sobre viagem ao México e diz que rumores sobre Vettel devem "desaparecer"

Pérez detona imprensa por "monte de m***" sobre viagem ao México e diz que rumores sobre Vettel devem "desaparecer"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Adam Cooper