Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
54 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
61 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
75 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
89 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
103 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
110 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
124 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
138 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
145 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
159 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
166 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
180 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
194 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
222 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
229 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
243 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
250 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
264 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
278 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
285 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
299 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
313 dias

Os números da passagem de Maurizio Arrivabene pela chefia da Ferrari

compartilhar
comentários
Os números da passagem de Maurizio Arrivabene pela chefia da Ferrari
Por:
8 de jan de 2019 16:33

Depois de quatro temporadas à frente do time italiano, ex-comandante sai com boas conquistas, mas sem títulos mundiais

Na última segunda-feira a Ferrari confirmou que Maurizio Arrivabene não será mais o chefe da equipe nesta temporada.

Após uma guerra travada nos bastidores com o diretor técnico da equipe, Mattia Binotto, durante a temporada de 2018, Arrivabene foi tirado da gerencia do time pelo presidente da Ferrari, dando lugar ao próprio Binotto – principal nome por trás do ressurgimento da Ferrari após a temporada ruim de 2014.

Vindo do mundo do marketing após ter sido vice-presidente global da Marlboro (Philip Morris), o italiano esteve ligado à Ferrari durante muito tempo como patrocinador. No entanto, após a passagem breve de Marco Mattiacci na equipe durante o ano de 2014 depois da demissão de Stefano Domenicali, Arrivabene passou a ocupar o cargo de chefia da equipe italiana.

Ele começou bem, tirando a Ferrari de um jejum de quase dois anos sem vitórias já em sua segunda prova, na Malásia em 2015. Ainda assim ele enfrentou uma temporada difícil em 2016, e em 2017 e 2018 foi superado pela Mercedes no fim das temporadas, prejudicado por problemas de confiabilidade nos carros, erros estratégicos e, segundo muitos, um ambiente ruim interno que prejudicou a performance de Sebastian Vettel em 2018.

Mas, estatisticamente, como foram estes quatro anos de Arrivabene na Ferrari?

Confira alguns números:

  Administração de Maurizio Arrivabene
Anos 2015-2018 - 4 temporadas
GPs 81
Melhor posição no mundial 2º (2015, 2017, 2018)
Melhor ano 2018 (571 pontos)
Pontos 1919
Vitórias 14 (17,2%)
Pódios (contando 2 pilotos) 71 (43,8%)
Poles 12 (14,8%)
Voltas mais rápidas 15 (18,5%) 
Ano sem vitória 2016
Ano sem pole 2016
Próximo artigo
Brawn: Williams e McLaren evidenciam que F1 “não tem piedade”

Artigo anterior

Brawn: Williams e McLaren evidenciam que F1 “não tem piedade”

Próximo artigo

Hamilton: as pessoas só notam a força de um piloto após vários títulos

Hamilton: as pessoas só notam a força de um piloto após vários títulos
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Gabriel Lima