Quanto pesa um carro de F1 em 2023 e o que está incluso no limite de peso?

Os carros da maior categoria do automobilismo têm limites de peso rígidos que as equipes devem seguir, mas o que consta nesses limites e quanto pesam as peças?

Robert Kubica, Williams FW42 being stopped by the FIA to the weighbridge

Robert Kubica, Williams FW42 being stopped by the FIA to the weighbridge

Jerry Andre / Motorsport Images

Não é segredo que o peso é tudo na Fórmula 1, mas também que os carros estão ficando mais pesados com o tempo. Desde 2022 os modelos são, confortavelmente, os mais pesados da história do campeonato e esse ganho normalmente pode ser explicado pelo aumento dos recursos de segurança nos últimos anos (o halo pesa 7kg, por exemplo).

Leia também:

Ao longo de um fim de semana de GP, e até mesmo durante a corrida, o peso de um carro de F1 flutua seriamente, mas a FIA estabelece um peso mínimo para o carro e as equipes precisam atingir. O regulamento técnico da Federação Internacional tem 178 páginas, porém o Motorsport.com te conta tudo relacionado ao peso do carro de Fórmula 1.

Quanto pesa um carro de F1?

Em 2023, o peso mínimo de um carro de Fórmula 1 é de 798kg (1.759 lbs). O limite original foi estabelecido em 795kg, mas acabou sendo aumentado em 3kg enquanto as equipes lutavam para alcançá-lo. Havia um plano para reduzir o peso em 2 kg, mas a ideia não deu certo e o limite de 798 kg foi mantido, levando em consideração os pneus mais pesados e novos itens eletrônicos obrigatórios no carro.

No entanto, dependendo da equipe, esse valor acima do peso mínimo pode variar. Por exemplo, em 2022 havia carros com excesso de peso em relação a esse valor base. Acreditava-se que apenas a Alfa Romeo não estava consideravelmente acima e, por isso, a equipe se opôs ao aumento do limite do peso mínimo no início da temporada.

Esse valor é medido após o GP, quando o carro já esgotou todo o combustível. A capacidade total de combustível em um F1 é de 110kg, o que significa que no início de uma corrida, com o piloto e uma carga completa de abastecimento, o carro pesará pelo menos 908kg. 

Maintenance sign denoting that a car is fuelled in the Haas F1 garage

Maintenance sign denoting that a car is fuelled in the Haas F1 garage

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

No entanto, as equipes podem optar por rodar com menos de 110 kg de combustível, dependendo da pista - traçados com frenagem mais pesada e zonas de aceleração levam a um maior consumo de combustível.

Não há limite superior em termos de peso de um carro de F1, mas é altamente indesejável estar acima do limite mínimo. Aumentar o peso torna o carro mais lento, então as equipes buscam chegar o mais próximo possível desse limite inferior. Se os carros estiveram abaixo do limite de peso mínimo, os times adicionarão lastro, que é um peso extra para se chegar nesse valor.

Esse lastro pode ser colocar em qualquer lugar do carro para melhorar o equilíbrio, o que significa que é desejável focar em estar abaixo do peso mínimo par poder 'brincar' com o lastro.

Quanto pesa um piloto?

Tendo pilotos que vão de 1,57cm - como Yuki Tusnoda - até os mais altos com 1,85cm (Alex Albon e Esteban Ocon), não é surpresa que o peso varie entre eles. No entanto, as regras da FIA estabelecem um valor mínimo para um piloto de F1 de 80kg.

Se o piloto pesa menos de 80kg (o que acontece com maioria) a diferença é corrigida com lastro. Este lastro é adicionado ao cockpit para que não possa ser colocado em outro lugar do carro para melhorar o equilíbrio. Este valor também inclui o capacete do piloto, macacão e sapatos para que os pilotos não tenham como objetivo pesar exatamente 80 kg.

Essa regra mínima de 80 kg foi implementada em 2019 para reduzir a vantagem dos pilotos mais baixos e leves. Antes disso, o peso era incluído de forma holística nas regras gerais de peso do carro de F1, o que significava que pilotos mais leves ofereciam às equipes mais espaço para melhorar o equilíbrio do carro. Antes disso, não era incomum que os eles ouvissem de suas equipes o peso específico que podiam ter e isso geralmente era menor do que o saudável. 

Nico Rosberg and Lewis Hamilton, Mercedes AMG, on the scales after qualifying, 2013 Singapore GP

Nico Rosberg and Lewis Hamilton, Mercedes AMG, on the scales after qualifying, 2013 Singapore GP

Photo by: Charles Coates / Motorsport Images

Por que os pilotos são pesados depois de uma corrida?

Os pilotos são pesados após a corrida por dois motivos: o primeiro, medir quanto peso um piloto perdeu durante a corrida e o segundo, garantir que o piloto e o carro ainda atendam ao limite mínimo de peso.

Os pilotos perdem cerca de 2-3 kg por corrida, principalmente em condições mais quentes, então eles são pesados para entender exatamente quanto peso perderam para que os fluidos possam ser repostos e os programas de treinamento subsequentes sejam feitos de maneira 'repositória'.

Em segundo lugar, como a massa mínima do carro de F1 inclui o piloto, seu peso precisa ser conhecido para que, quando o carro for pesado, os dois valores somados para garantam que as equipes atinjam esse valor mínimo. Os pilotos são pesados com o equipamento completo de corrida, incluindo capacetes e isso significa que a FIA pode calcular se a quantidade correta de lastro foi adicionada, se necessário.

Quanto pesam as peças da F1?

Embora todo o carro de F1 não deva pesar menos de 798 kg, a parte mais pesada de um carro de Fórmula 1 é o motor, que deve pesar no mínimo 150 kg, enquanto a parte mais leve é o volante, que pesa 1,3 kg. Algumas peças têm requisitos mínimos de peso listados no livro de regras, enquanto outras são gratuitas para as equipes tornarem o mais leve possível.

Parte

Peso

Motor

Mínimo 150kg

Combustível

Máximo 110kg

Asa dianteira

Cerca de 10kg

Chassi

Sem peso definido

Halo

7kg

Caixa de câmbio

Cerca de 40kg

Volante

Cerca de 1.3kg

Scrutineers at the weighbridge with Zhou Guanyu, Alfa Romeo C42

Scrutineers at the weighbridge with Zhou Guanyu, Alfa Romeo C42

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

Peso da F1 ao longo dos anos

Os carros de 2022 foram os mais pesados da história e isso se deve, em grandes partes, aos regulamentos de segurança que exigiram a inclusão de recursos como o halo. A proibição de reabastecimento também contribuiu para modelos maiores e, portanto, mais pesados.

Ano Peso Mudanças
 

585kg

 

2009

605kg

 

2010

620kg

Reabastecimento é banido

2011

640kg

Sistema de Recuperação Cinética (KERS) amplamente adotado

2012

640kg

 

2013

642kg

Pequenas alterações no peso da gama de pneus da Pirelli

2014

691kg

Motores híbridos V6 introduzidos

2015

702kg

Painéis anti-intrusão adicionados ao cockpit

2016

702kg

 

2017

728kg

Rodas e pneus mais largos introduzidos

2018

734kg

Halo introduzido

2019

743kg

80kg de subsídio do piloto

2020

746kg

Adicionado o segundo medidor de fluxo de combustível

2021

752kg

 

2022

798kg

Novos carros projetados em torno da aerodinâmica dos efeitos solo, além de rodas maiores e calotas também introduzidas

Drive to Survive: saiba quais são os pontos positivos e negativos da nova temporada

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #219 - Ferrari renovada, Mercedes melhor e Red Bull bem? Que F1 teremos em 2023?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior Para além de Drugovich: como estão os brasileiros que buscam encerrar jejum do País na F1
Próximo artigo F1 - Pérez 'manda recado' para Red Bull: "Se eu não receber apoio este ano, não vou retribuir"

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil