Raikkonen: Ser terceiro do campeonato não muda meu mundo

Kimi Raikkonen encerrou a temporada de 2018 da Fórmula 1 em terceiro do campeonato com o mesmo números de pódio de quando foi campeão em 2007

Raikkonen: Ser terceiro do campeonato não muda meu mundo

Apesar de ter abandonado o GP de Abu Dhabi, que marcou sua despedida da Ferrari, ainda no início, Kimi Raikkonen conseguiu terminar a temporada de 2018 da Fórmula 1 em terceiro lugar no campeonato de pilotos.

A posição esteve em risco durante a corrida, já que Valtteri Bottas poderia ter desbancado o compatriota se tivesse subido no pódio, mas o finlandês da Mercedes terminou em quinto. E Max Verstappen, que terminou em terceiro, ficou apenas dois pontos atrás do piloto da Ferrari, 251 contra 249.

Na quinta-feira, o finlandês, que em 2019 será piloto da Sauber, foi questionado sobre a importância de terminar no top 3 da temporada e respondeu sem fugir de seu estilo.

Leia também:

"Eu não acho que mude o meu mundo. Se terminar em terceiro vou ter que ir na cerimônia de premiação (da FIA), de modo que no fim é algo negativo ter outra viagem", disse Raikkonen, que subiu 12 vezes no pódio este ano, igualando sua melhor marca pessoal de 2007, quando foi campeão.

Os três primeiros do campeonato de pilotos da F1 devem participar da cerimônia de premiação da FIA que, neste ano, acontecerá no dia 7 de dezembro na Filarmônica de São Petersburgo, na Rússia.

A última vez que Raikkonen terminou entre os três primeiros em uma temporada de F1 foi em 2012, quando ele retornou à categoria após dois anos de ausência e terminou também em terceiro. Anteriormente, ele também havia estado no top 3: em 2003 (2º), 2005 (2º), 2007 (1º) e 2008 (3º).

compartilhar
comentários
Confira a classificação final da F1 no campeonato de 2018

Artigo anterior

Confira a classificação final da F1 no campeonato de 2018

Próximo artigo

Hamilton enaltece estratégia da Mercedes por vitória

Hamilton enaltece estratégia da Mercedes por vitória
Carregar comentários