Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
43 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
50 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
64 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
78 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
92 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
99 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
113 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
127 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
134 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
148 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
155 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
169 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
183 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
211 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
218 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
232 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
239 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
253 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
267 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
274 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
288 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
302 dias

Red Bulls e Alonso não usarão novo MGU-K da Renault

compartilhar
comentários
Red Bulls e Alonso não usarão novo MGU-K da Renault
Por:
29 de jun de 2018 11:51

Por organização interna de componentes do motor, apenas três dos seis carros da Renault terão novidade no Red Bull Ring

O aguardado novo MGU-K da Renault estreou na pista no TL1 deste GP da Áustria, mas tanto as Red Bulls quanto a McLaren de Fernando Alonso mantiveram a especificação mais antiga do componente.

A atualização, que a Renault acredita oferecer melhor confiabilidade e desempenho, foi equipada nos carros de Carlos Sainz, Nico Hulkenberg e na McLaren de Stoffel Vandoorne. Em cada caso, é o segundo MGU-K da temporada, portanto não há penalidades de grid.

No entanto, a Red Bull optou por não usar as novas especificações, já que tanto Max Verstappen quanto Daniel Ricciardo receberiam penalidades de grid se pegassem mais um de MGU-K, com Alonso na mesma situação.

"Está disponível para todos os carros que quiserem", disse Cyril Abiteboul ao Motorsport.com nesta semana. “Acontece que nem todas as equipes optaram por ir para a nova especificação”.

“Nós estamos esperando isso há muito tempo, mas é um problema que algumas equipes tenham optado por não usar, o que significa que eles continuarão a usar o MGU-K de uma definição técnica anterior, com maior risco envolvendo a confiabilidade.”

"Mas essa é nossa filosofia, aceitar a escolha das equipes, ter todas as informações."

Abiteboul acrescentou que a nova unidade tem “melhor desempenho, melhor embalagem e melhor nível de confiabilidade”.

Hulkenberg minimizou o significado da mudança, mas revelou que a nova unidade economiza peso.

"Não esperamos algo grande", disse o alemão. “Não vai nos dar 1s em uma volta rápida ou algo assim. É uma peça do quebra-cabeça em todas as atualizações que trazemos ao longo da temporada”.

“Para mim, a notícia positiva é que há bastante economia de peso. Recentemente tenho estado um pouco acima do peso, especialmente na qualificação. Isso custa desempenho.”

"Isso vai me ajudar mais do que qualquer outra coisa, eu acho. A equipe também espera melhorias na confiabilidade."

Ainda falando em mudanças da Renault para a Áustria, Sainz, Hulkenberg, Vandoorne e Alonso têm uma nova bateria, Sainz tem um novo turbo e Alonso tem um novo controle eletrônico.

Nenhuma dessas mudanças irá desencadear uma penalidade, mas em cada caso o piloto está no limite com o elemento em particular.

Próximo artigo
GALERIA: Relembre os 10 últimos vencedores do GP da Áustria

Artigo anterior

GALERIA: Relembre os 10 últimos vencedores do GP da Áustria

Próximo artigo

Hamilton mantém domínio e lidera sexta-feira na Áustria

Hamilton mantém domínio e lidera sexta-feira na Áustria
Carregar comentários